segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Acalmem-se! A Vichyssoise não chegou a ser servida


Marcelo Rebelo de Sousa esteve ontem particularmente contundente, como aliás eu já previra aqui. 
O que sinceramente não esperava, é que MRS viesse a ser desmentido por João Soares sobre uma suposta conversa telefónica que afirmou ter tido com Mário Soares ontem à tarde.
Quando li o desmentido de Soares pensei mesmo que poderíamos estar perante uma segunda edição da célebre Vichyssoise. Ou, em alternativa, que a doença de Pedro Passos Coelho (que o tornou um mentiroso compulsivo) estivesse a alastrar a outras figuras do PSD.
Afinal, foi João Soares que falou antes de tempo. A conversa entre MRS e Mário Soares não foi invenção do professor. Apenas teve uma pitada de coentros para a tornar mais apetitosa. É que, na verdade, MRS falou com Mário Soares, mas através de Eduardo Barroso. Terá sido mais ou menos assim:
- MRS: Então e como está o Mário?
- Eduardo Barroso:  Vai melhorando, felizmente.
- MRS: Diz-lhe que lhe mando um abraço
- EB: Ele também manda. Diz que um dia destes têm de se encontrar.
Radiante, MRS chegou à TVI e, enquanto esperava pela sua intervenção, romanceou a estória. João Soares não gostou de saber e meteu o pé na argola. Agora vem dizer que não chamou mentiroso a Marcelo. Nem precisou... a amplificação nas redes sociais da sua mensagem no FB fez o trabalho por ele.
Felizmente que nesta coisa das tricas entre políticos, a comunicação social é célere a ouvir ambas as partes.

8 comentários:

  1. João Soares, na ânsia de querer ser o que não é, mentiu ao tentar desmentir Marcelo Rebelo de Sousa.
    O homem (João) que é grande mas nunca foi grande coisa, espreitou uma oportunidade para desancar num seu figadal inimigo. E não se admirem com o termo figadal que é correcto já que corresponde a um sentimento hostil.
    Marcelo não brincou. Limitou-se a dizer o que se passou. Eduardo Barroso pode comprovar.

    É caso para dizer a João Soares: "porque no te callas?"

    ResponderEliminar
  2. Nesta história que parece uma brincadeira de garotos, o que me fez espécie foi MRS ter tido necessidade de dizer "era a voz de Mário Soares", assim com ar de que não se podia ter enganado. Ora, passa pela cabeça de alguém ter de referir que não se enganou, se estivesse certo de estar a contar uma história 100% à prova de bala? Não passa pois não? Por isso acredito que a história foi tal e qual o Carlos a conta e MRS não resistiu e pôs-se em bicos dos pés. O João Soares sempre foi um menino birrento por isso é que não foi longe, com estes tiros nos pés como é que queria ir mais além?

    ResponderEliminar
  3. Mais uma vez o mentiroso Marcelo Rebelo de Sousa foi desmascarado.

    ResponderEliminar
  4. João Soares, depois de Ricardo Salgado ter considerado o Mário a nível tão destacado, tem tarefa difícil... diria mesmo: missão impossível. A seguir a Marcelo, muitos serão o que se aprontarão... Sá Carneiro está a ser ultrapassado...

    ResponderEliminar
  5. Não há pachorra! Quando é que essa gente gasta o seu tempo com coisas importantes????

    ResponderEliminar
  6. Tenho a gravação do programa do Marcelo de ontem, estive a ouvir de novo essa parte e não tenho a menor dúvida de que ele falou de facto com Mário Soares.
    .. e de repente, MS pega no telefone e falamos e... prazer em ouvi-lo, temos que nos encontrar, etc.etc.
    Não vejo que MRS tivesse qualquer necessidade de inventar esta estória. :))
    .

    ResponderEliminar
  7. http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/politica/joao-soares-admite-que-marcelo-conversou-com-mario-soares

    ResponderEliminar
  8. O Marcelo ficou célebre por criar factos políticos.
    Mas, neste caso, o mentiroso inveterado parece ser outro.
    O que obrigou Eanes a usar gravadores nos despachos que tinham.

    ResponderEliminar