domingo, 9 de dezembro de 2012

Árvore Pascoal



Alegando que a austeridade imposta aos portugueses não permite que celebremos dois períodos festivos no mesmo ano, o governo decidiu que Páscoa e Natal se celebrarão apenas numa data em cada ano. 
Em 2013,será a Páscoa a agregar os dois eventos e em 201 4, será o Natal a acumular com a Páscoa.
Imaginativos, os portugueses já estão a criar novos produtos que permitirão às famílias assinalar ambas as datas num só evento.
Aqui fica o exemplo da Árvore Pascoal que conjuga  um pinheiro de Natal com a Última Ceia. 
Esta árvore pode também ser vendida com um par de fisgas como acessório,  ou um kit  Fisgas + pedras+ setas para que as crianças possam praticar, como nas barracas de tiro da extinta Feira Popular. 
Alguns professores e associações de pais já reclamaram, porque dizem que é difícil  explicar  aos miúdos qual é o Bom e o Mau ladrão. Já quanto ao Judas, não levanta problemas, porque qualquer um serve.

Foto roubada aqui

5 comentários:

  1. Carlos, não dês ideias!
    Quem te avisa tua amiga é...

    Esqueceste de linkar onde foste a árvore roubar.:-))
    Por acaso eu sei, mas não digo!!
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. Ai Carlos... que decorações natalícias tão feias :)

    ResponderEliminar
  3. Ai, Carlos.... tristes tempos vivemos, em que as decorações, para serem verdadeiras e actuais são assim tão macabras... =)

    ResponderEliminar
  4. Mas que anjinhos tão fofinhos.... Eu não lhes desejo tanto mal; só queria que fossem todos para os quintos dos infernos!

    ResponderEliminar
  5. A imagem representa bem o que os portugueses pensam desta escumalha... :P

    ResponderEliminar