quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Ministério das Finanças com animação noturna

Os investidores portugueses têm pouco faro para o negócio. Com efeito, segundo escreviam ontem os jornais, será inaugurada no dia 1 de dezembro uma discoteca no ministério das finanças. 
Parece-me um investimento condenado ao fracasso, porque estando o senhorio empenhado em pôr os portugueses de tanga, seria mais aconselhável abrir ali um bar de strip. Ou então, uma casa de alterne.
Em tempo: devo confessar-vos que fiquei perplexo com a notícia, pois já em Julho estive nessa discoteca,  ao final da noite que aqui vos descrevi. Estaria a funcionar na clandestinidade?

9 comentários:

  1. Não acreditaria se não lesse a notícia.

    Por outro lado é uma forma de rentabilizar o espaço.

    Há lucro? Espero que sim e dê para pagar o funcionamento do referido Ministério.

    Ouvesse cada coisa, heim?

    Beijo

    ResponderEliminar
  2. Com um nome desses, não sei se terá muita saída. Com os portugueses tão fartos de ministros e ministérios... ;)

    ResponderEliminar
  3. Eu acho uma ideia excelente!

    Sendo Lisboa uma cidade linda e o Terreiro do Paço a sua sala de visitas, porque não criar um espaço com boa música, gatronomia e diversão?
    Achas, então, que uma casa de alterne ou um bar de strip daria mais lucro ao senhorio? Se calhar teria mais procura, não?

    Mas tu também só sabes botar abaixo, Carlos? Quem sabe ainda vais seu um dos melhores frequentadores, vais ver! :-)

    ResponderEliminar
  4. Convidem o Gaspar para DJ que aquilo deve ser uma animação pegada :)))

    ResponderEliminar