domingo, 21 de outubro de 2012

Um mundo melhor é possível


Creio ter-vos dito, na altura própria, que o discurso de José Mujica, presidente do Uruguay, durante a Cimeira Rio+ 20, foi um dos que mais me impressionou  pelo realismo do seu conteúdo. 
Só há dias o encontrei no You tube e não poderia deixar de o partilhar convosco. Porque o que Mujica diz, é o que ele faz. Não tem seguranças, não usa carros oficiais e desloca-se entre sua casa e o palácio presidencial no seu velho carro particular, ou de transportes públicos.
Obviamente,  a sala estava quase vazia quando Mujica discursou e os aplausos foram esparsos e esforçados. Raros são aqueles que gostam de ouvir dizer  as verdades. Mas, asseguro-vos, vale a pena ouvir estes 10 minutos onde se demonstra, de forma iniludível, uma das razões de termos chegado a este estado caótico. Todos somos culpados...

7 comentários:

  1. Há alguns dias falei, no meu blogue, deste grande Homem. José Mujica pareceu-me, desde logo, uma daquelas raras pessoas que se dedicam a governar um País, jamais se aproveitando do seu estatuto.
    Ao ver este vídeo - e desde já agradeço ao Carlos por nos ter ofertado esta pérola - senti orgulho pelo povo uruguaio.
    Mujica é verdadeiramente um Homem do povo e para o povo.
    Não engana ninguém. Ele é o que demonstra ser. Ele faz o que diz fazer.
    Como ele próprio focou, as suas palavras incomodam.
    Não me interessam os senhores que se sentem incomodados pelas palavras e pelas acções de Mujica.
    Interessa-me sim ele próprio.
    Que Deus o proteja na sua caminhada.
    Os aplausos foram, percebeu-se, acanhados porque feitos com pouca ou nenhuma vontade.
    Palmas de gente sem vergonha que se esconde noutro tipo de vida.
    Sabe-se que o seu carro particular é um velho 'carocha' e que utiliza com frequência os transportes públicos.
    Deixará Mujica de ser quem é, de valer o que vale por esse facto? Não, bem pelo contrário.

    ResponderEliminar
  2. Já tinha ouvido. Estes homens vivem à frente deste tempo e são mesmo especiais. Por isso não são ouvidos, não são tidos como "normais".

    ResponderEliminar
  3. É impressionante como a simplicidade sempre me surpreende.

    Se a verdade desse dinheiro talvez fosse mais ouvida.
    Somos controlados pela economia (até a politica) e deixamos...

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  4. Um mundo melhor é possível
    se fizermos alguma coisa por este

    e não digo que seja isto, mas até pode... quem sabe?

    ResponderEliminar
  5. Estes dez minutos deixaram-me com pele de galinha. Incrível ouvir da boca do Presidente de um País, verdades tão incisivas e verdadeiras. Como já aqui te disse num outro comentário, sobre o desperdício, vejo que Mujica pensa o mesmo. A sociedade do usar e deitar fora, o consumo exacerbado, aliado à má gestão governativa, foram as causas que conduziram o Mundo ao estado caótico em que se encontra.
    Um mundo melhor é possível? Sim, Carlos! Se existissem mais homens como José Mujica!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  6. Mas este é assim uma espécie de extra-terrestre, Carlos.
    Não há termo de comparação possível.

    ResponderEliminar
  7. Ainda há homens e mulheres que nos fazem ter esperança num mundo mais justo. São poucos. Mujica e Mandela são dos poucos que encontro nos dias de hoje.
    E sim também subscrevo a afirmação de que "somos todos culpados". Para mim é óbvio.

    ResponderEliminar