quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Hoje acordei assim...

Sem saber a razão porque se celebra um aniversário, se cada ano a mais, significa que falta menos tempo  para chegar ao fim...

20 comentários:

  1. Peço desculpa, mas esse pensamento está errado.

    O pensamento correto é de que se passou mais um ano que pudémos desfrutar junto da nossa família e amigos, que tivémos momentos maravilhosos (ok, outros nem tanto) e que para o ano quero que seja ainda melhor.

    Os problemas esses fazem parte da vida e sem eles esta não teria graça pelo que apenas temos que nos concentrar em lutar para os ultrapassar.

    Muitos PARABÉNS!

    ResponderEliminar
  2. Quem nasce no tempo de Escorpião recebe do céu um dom que, se não for bem compreendido e bem usado, pode ser fonte de muita perturbação: a capacidade de perceber a tensão que está dentro das coisas e que vai fazer elas mudarem.

    O Escorpião é atraído pelo mundo misterioso que existe por trás das aparências. Sempre associado à morte, à violência, ao ciúme e à sexualidade exagerada, Escorpião é talvez o mais mal falado de todos os signos. É possível que a má fama tenha vindo do facto de que, para os povos que criaram a astrologia, essa época do ano correspondia ao outono, o tempo em que a natureza ensina aos homens que morrer é natural. Mais do que natural, é necessário, como nos ensina José Saramago em " As intermitências da morte".

    Quem nasce com o sol em Escorpião vê o mundo e as outras pessoas com olhos de raio -X e isso às vezes cria problemas.
    Como imaginam que todo mundo pode ver o que eles veem, tendem a ser muito fechados. Criam uma verdadeira barreira em torno dos seus sentimentos, que são sempre muito intensos: eles estão sempre "morrendo" de amor, "morrendo" de saudade, "morrendo" de rir, "morrendo" de raiva.
    Mas quando a imensa energia deste signo misterioso encontra uma saída construtiva é que podemos avaliar a força que um Escorpião pode ter na luta contra a morte pela fome e pela miséria.

    Acredita em signos, Carlos?
    Eu cá não acredito em nada, nem mesmo em mim!

    Anime-se, Carlos, até a minha amiga Angie lhe manda os parabéns pela passagem de mais um aniversário natalício.

    ResponderEliminar
  3. Mesmo tendo tu acordado mal disposto, acho que é caso para te dar os parabéns!
    Ad multos et bonos!

    ResponderEliminar
  4. Tudo pode ser visto numa perspectiva positiva ou negativa, a tal do copo meio cheio ou meio vazio, neste caso, o que interessa é que cada ano que se vai fazendo é mais um que não nos podem tirar, roubar ou taxar... bom... esta última não é bem verdade ;)

    De qualquer modo... Parabéns!

    Bjos

    ResponderEliminar
  5. Numa perspectiva budista o fim é sempre um recomeço. Eu estou muito optimista no meu retorno como a diva cantadeira que (ainda) não consegui ser nesta vida.
    Muitos parabéns e um dia feliz. Pense em coisas bonitas para se animar; o PPC e o Gaspar a assar num espeto, por exemplo...
    beijinho

    ResponderEliminar
  6. Pois então PARABÉNS!
    Que continue a brindar-nos com as suas crónicas por muitos e bons anos!

    Abraço

    ResponderEliminar
  7. Os meus Parabéns, caro Carlos ! rsrsrs (é da prache, mas sincero)
    Sabe que eu penso do mesmo modo ?... "que chatice" eheheh ... é que é mesmo caso para questionar : afinal eu tenho mais um ou menos um ?! ahah
    ... Curioso que a mim acontece-me isso todos os anos!...
    Bom ! :))) ... no meu caso, "esse" ano a mais (ou a menos) já representa uma % muito elevada relativamente aos que faltam e isso... assusta um bocadinho ! :))) ... mas o melhor é pensarmos que foi mais um, que passamos na maravilhosa companhia dos nossos familiares e dos nossos amigos e isso é muito bom ! eheh

    Grande, grande abraço ! :)))
    .

    ResponderEliminar
  8. Uau... adorei a descrição feita pela ematejoca e mais eu nem sou de Escorpião...! =)
    Caro Carlos, os aniversários são uns bandidos que nos vêm pôr pensamentos descabidos na cabeça acerca de nós próprios, do que somos, do que viemos cá fazer, do que ainda há para trabalhar e, claro, do que já não se recupera... Naturalmente, uma pessoa exigente, consciente, assertiva e profundamente observadora como o Carlos mostra ser, será sempre fortemente abalada por este tipo de questões. Que sirvam para valorizar o presente e tirar o máximo do que ainda vem, em vez de deixar a pena pela contabilidade do que não dura sempre! Feliz aniversário! Saúde a si!

    ResponderEliminar
  9. Carlos
    "Mais um menos um" é a vida. Um grande abraço
    Rodrigo

    ResponderEliminar
  10. Um grande abraço por mais um ano de vida. Da maneira que ela está é uma luta enorme passar trezentos e sessenta e cinco dias. Também soube que Honório Novo celebra hoje mais um aniversário. Quem mo disse foi o gato dele que se chama Gaspar.

    ResponderEliminar
  11. Carlos, meu Amigo!
    Hoje acordaste assim, e eu tenho andado todo o dia em pulgas pela impossibilidade de vir aqui ao teu Rochedo dar-te um abraço! Passei quase todo o dia no Hospital, numa consulta externa, marcada já desde Agosto, no serviço da cardiologia por causa daquela angioplastia e desobstrução das artérias coronárias a que me submeti no início deste Verão.
    Tanto que editei o meu post de madrugada, uma vez que nunca agendei mensagens e receei que a coisa não me corresse bem.

    Ufa! Agora que te expliquei a razão da minha ausência, venha de lá esse abraço e aqui te deixo o meu desejo de longa vida e muita Felicidade. Tu mereces, meu Amigo!

    Ah, quando puderes passa lá no meu canto. Tenho uma predinha para ti. Se acaso algo te desagradar, quero que saibas - e sei que sabes - que te admiro demais. Logo, nunca poderia haver da minha parte alguma intenção menos boa, certo?

    Um grande beijinho e que venham muitos mais 24 de Outubro, Carlos!:-))

    PS. Agora, vou à filial ver o que há por lá.

    ResponderEliminar
  12. Feliz aniversário Carlos, que venham muitos mais.

    Cada dia é um presente, uma dádiva, que não merece ser desprediçada.

    Embora eu partilhe a sua opinião.

    Beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  13. Carlos
    Hoje foi dia de aniversário? Desculpe chegar só agora, a minha vida anda uma correria! Mas ainda chego a tempo de lhe dar os parabéns e desejar muitos mais anos de boa disposição, ironia, e tiros certeiros! :)
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  14. Porque a vida é uma bênção... :) Muitos parabéns Carlos!
    Olhe, a minha mãe faria hoje 78 anos se o coração não a tivesse atraiçoado já lá vão 12... esta é uma data que me diz muito.

    ResponderEliminar
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  16. Parabéns então, e que para o ano possa dar-lhos outra vez. De preferência já sem esta corja de Passos, Gaspares, Relvas e podridão adjacente e, portanto, com o Carlos mais satisfeito do que está hoje.
    Muitos e bons!

    ResponderEliminar
  17. Os meus parabéns atrasados, por ter estado uns dias afastada destas andanças. Votos de que mais este anito agora iniciado lhe corra de feição, com muita saúde (que a doença é um luxo caríssimo), cheio de felicidades e novos ventos, mais alegres e animadores.
    Grande abraço com um beijinho

    ResponderEliminar