quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Manuela Ferreira Leite arrasa Gaspar e governo

Foi demolidora a entrevista de  MFL esta noite à TVI 24. Para quem não tiver pachorra para ler o post até ao fim, aqui fica um resumo da apreciação que a ex-lider do PSD fez deste governo ao longo de 40 minutos:
TRAIDORES. VIGARISTAS. IRRESPONSÁVEIS. IGNORANTES. ALDRABÕES.
 Agora, algumas frases marcantes:
"Os modelos do ministro das finanças não têm qualquer relação com a realidade"
"Este governo quer pôr-nos igual à Grécia"
" Todas estas medidas vão agravar o desemprego"
" Temos que aceitar as orientações dos nossos credores, mas não podemos aceitar a aplicação de medidas que destruam o país"
" O que está a ser feito (pelo governo) é completamente ilegal!"
" Nunca vi um ministro gerir empresas privadas ( a propósito do controlo das verbas da TSU que este governo decidiu reduzir aos patrões) Estamos onde? Em que país? Isto é uma medida soviética!"
" O governo nunca explicou onde é que estas medidas nos vão levar. Nunca explicou ao país os resultados que espera atingir e, em minha opinião, os resultados serão desastrosos porque vão agravar o desemprego"
"Só por teimosia se insiste numa medida que não está a resultar"
" Pede-se aos trabalhadores que paguem mais 7 pontos (percentuais) para a segurança social. Mas o que acontece se as empresas falirem?"
" Muitos reformados estão a  ficar apenas com 20 ou 30 por cento das suas reformas. Essas pessoas trabalharam toda a vida. Agora devem sentir que caíram no conto do vigário".
" Governar não pode ser um acto de Fé."
" Nenhum doente consegue tomar uma segunda dose de xarope quando percebe que a primeira não lhe melhorou a saúde"
" Se estas medidas são para reduzir apenas 0,5%  do défice em 2013, o que nos espera em 2014, quando o défice terá de baixar de 4,5 para 2,5%? Estas medidas a triplicar?"
" A que propósito é que se exige a Portugal a redução do défice para 2,5% em 2014, se todos os países europeus estão obrigados apenas a uma redução de 3%? O governo tem de explicar isto ao país".
" Que país teremos em 2014? O governo tem de dizer as metas que pretende atingir, mas não são de certeza as metas do crescimento. Repare que ontem e hoje, o ministro das finanças  não falou uma única vez em crescimento!"
" Que país quer este governo? Um país de pobreza  e incapaz de se levantar?"
" Quem tem de defender a paz social é o governo!"



RECADO AO CDS  ( aqui começa a ser notório que MFL passou a ser a pitonisa de Cavaco e transmitiu os recados de Belém)
"O CDS tem de ser coerente com aquilo que prometeu aos portugueses e dizer se está de acordo com estas medidas".

RECADO aos deputados (onde fica claro que Cavaco não vetará o OE)
" A função do PR não é lavar a consciência dos deputados. Cada um tem de assumir as suas responsabilidades e votar este OE de acordo com a sua consciência".

9 comentários:

  1. Obrigada por ter partilhado. Eu não vi a entrevista e assim fiquei a saber o essencial :)
    Um abraço

    ResponderEliminar
  2. Como digo lá no Cirandando, para mim foi o Cavaco, que está nitidamente à rasca, que lhe encomendou o sermão a ver se há uma sublevação das hostes...

    ResponderEliminar
  3. Fizeste, Carlos, um bom resumo das afirmações de MFL. Se foi Cavaco quem encomendou o sermão não sei. Que PPC ficou as orelhas arder, não sobra dúvida. Isto está a animar e espero que no dia 15 ainda fiquem mais animadas.

    ResponderEliminar
  4. Sermão encomendado ou não a verdade é que MFL, mostrou uma vez mais ser uma mulher de armas e que não teme enfrentar os aldrabões do seu proprio partido.
    Tive pena de não ter visto a entrevista, mas felizmente o Carlos está sempre atento.
    Bem-hajas pela partilha deste fabuloso acontecimnto.
    Quem com ferros mata, com ferros morre e assim acontecerá com PPC, e Relvas.
    Tem uma boa noite, Carlos!
    Espero o mesmo para mim...
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  5. Reajo a frio
    Mas desde já deixo um comentário: é que independentemente do rigor e justeza com que Manuela terá dissecado as marionetas, independentemente do local exacto em que tenha colocado o bisturi para lhes mostrar as vísceras, se não deu o mínimo sinal de como sair disto, interrogo-me se não estará a fazer mais do que cobrar, ela própria, dívidas antigas, ou como diz a Ariel, estar a fazer um frete a Cavaco

    Eu estou farto dessa gente...

    Vou saber

    ResponderEliminar
  6. Esta senhora não tem vergonha na cara, Carlos.
    Se tivesse, estava caladinha a gozar a sua reforma.
    Tratei o tema no meu bloge.
    Mas não é a única...
    Incrível!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E faço meu este comentário, certo que não estarei a esticar a corda! De qualquer forma o que o Pedro Coimbra escreveu, é o resumo perfeito para esta miséria a que muitos assistiram em directo!!!

      Não vi, em directo, e o pouco que vi foram apenas os resumos que agora vão andar por aí nas ondas electromagnéticas, e nas fibras, até que os "electrões" se fartem!

      Sinceramente não sei como é que ainda há gente que acredita nestas títeres...
      Parece que os Portugas são mesmo lentos de compreensão... Mais de 30 anos nisto, e estão iguais, quiçá, piores!

      Continuem... Continuem... Tais Anjinhos!. ELES AGRADECEM...

      Eliminar
  7. Merda de país tem que ser uma mulher a "pô-los" no lugar, com Cavaco ou sem cavaco ela vinha há muito a avisar, nós é que não queriamos ouvir.

    Deputados do PSD demitam-se todos em bloco JÁ!

    ResponderEliminar
  8. Então, não era MFL que afirmava para implementar as reformas estruturais que eram necessárias a Portugal, tinha que suspender a Constituição durante 6 meses?

    MFL lavou o cesto de roupa suja que ainda tinha dentro do PPD (já não é Social Democrata).Se ela perdeu as legislativas foi por culpa própria e pelo inside job no PPD/PSD

    Ela e o Anibal que vão gozar a reforma dourada do Banco de Portugal e levem a rapaziada do Mozart e da escola de Chicago para o raio que os partam.
    Pelo caminho metam na sacola a tralha socialista como Soares e Alegre (estes podem ir para Macau, trocamos com os chinocas pela EDP e REN).
    Mas ainda não acabamos levem também os bolchevites do Bloque e caducos do PCP para Cuba (não no Alentejo.)

    Farto desta gente!

    ResponderEliminar