quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Desaparecidos (13)


Aproveitando uma viagem paga pelos contribuintes, Miguel Relvas foi ao Brasil. Quando lá chegou mandou uns bitaites a criticar o CDS e depois, seguindo o exemplo do padre Frederico, escafedeu-se! 
No exílio não estará, certamente.
Terá  perdido o sinal  de telemóvel numa viagem entre o Rio de Janeiro e Saquarema ( Maricá)? estará em parte incerta a tratar de negócios? a gozar umas merecidas férias?
Não tenho resposta... mas  sei que a maralha política do PSD tem muita tendência para se perder no Brasil. Aconteceu com Agostinho Branquinho e acontece agora com Miguel, uma espécie de Agostinho, mas em versão Tinto Carrascão.
MAS ATENÇÃO! Apesar de estar em paradeiro incerto, parece que continua a fazer nomeações para o seu gabinete. Mais uma vez foi ao Diário de Notícias abastecer-se. O feliz contemplado foi Luís Naves, o melhor tradutor de notícias da imprensa internacional nos quadros do DN, ponta de lança no blogue relvista. O CR  está a tentar saber quanto custou esta transferência em chamadas de telemóvel, a especialidade do ainda ministro.
Quanto ao salário auferido pelo novo colaborador do gabinete de Relvas, deve ser equiparado a outros especialistas: superior a três mil euros, mais despesas para o regabofe. E com direito a subsídio de férias e Natal, obviamente, porque para o pessoal dos gabinetes há sempre a ressalva de terem de ser respeitados os direitos adquiridos. 

8 comentários:

  1. Não temos a sorte de ele se escafeder de vez... ;)

    Quanto ao resto, é mais do mesmo! :P

    ResponderEliminar
  2. Este, mesmo não estando à vista, custa-nos couro e cabelo, e maroscas escondidas são as piores... e nesta disciplina, não tenho dúvidas que deve ser um verdadeiro perito...

    Bjos

    ResponderEliminar
  3. Como estamos numa altura de crise...vai-se gastando!

    ResponderEliminar
  4. Os cortes são só para nós!
    Eles continuam a viver à grande!
    É uma vergonha!

    ResponderEliminar
  5. É desta que o Relvas vai à vida, com a máquina de cortar e tudo.

    ResponderEliminar
  6. Confesso que julgava que o Naves já estava a comer da gamela. Agora, não sei se ainda vai a tempo de aproveitar as migalhas.

    ResponderEliminar
  7. "o melhor tradutor de notícias da imprensa internacional nos quadros do DN"

    Esta até a mim me doeu!! :)))

    ResponderEliminar
  8. Ó Naves, se a tua excelente mãe fosse viva até tinha vergonha do filho que pariu....

    ResponderEliminar