terça-feira, 25 de setembro de 2012

Brincar com o fogo

Enquanto os espanhóis continuam a sair à rua quase diariamente, protestando contra as medidas de austeridade impostas pelo governo ( hoje em Madrid há 12 manifestações, três  das quais pretendem cercar o Congresso, o que está a preocupar seriamente as autoridades madrilenas) Rajoy continua a assobiar para o lado e recusa pedir o inevitável resgate. 
A recusa do líder do PP  em formalizar o pedido nada tem a ver com os interesses de Espanha, mas sim com os do Partido Popular. Em Outubro (dia 15) haverá eleições na Galiza e no País Basco e Rajoy teme que um pedido de resgate antes dessa data resulte em estrondosas derrotas para o seu partido, o que fragilizará ainda mais o seu já tão desacreditado governo. 
Lá como cá, a direita defende primeiro os seus interesses e só depois os do país, mas a cobardia de Rajoy pode sair muitíssimo cara aos espanhóis e provocar, a breve prazo, uma explosão social  incontrolável em Espanha, a braços com a possibilidade de secessão da Catalunha que, a concretizar-se,  pode despoletar o desmembramento da unidade espanhola.  
Em Julho pude constatar o clima de instabilidade que se vive em Espanha- e que aqui vos dei conta na altura- mas a situação desde aí não pára de se agravar. Os seus efeitos terão obrigatoriamente repercussão em Portugal e também na Europa, mas Rajoy permanece indiferente e só pensa em salvar a face do seu partido. Palpita-me que isto não vai acabar bem...

2 comentários:

  1. BOM DIA !!

    VENHO POR MEIO DESTA LHE CONVIDAR A CONHECER MINHA PAGINA , http://brechodosul.blogspot.com.br, SERÁ UMA HONRA TER VOCÊ COMO SEGUIDORA E LINKARMOS SE VOCÊ QUISER , ESTA DE PARABÉNS LINDA PAGINA , DESCULPA A LETRA GRANDE MAIS SOU DEFICIENTE OK!!
    SE QUISER VOTAR NO G+1 E NO TOP BLOG 2012 NO MEU BLOG AGRADEÇO

    OBRIGADA

    MARCIA REGINA

    ResponderEliminar
  2. Para alguns isto acaba sempre BEM...

    ResponderEliminar