domingo, 17 de junho de 2012

Um champagne português


Ao contrário do post anterior, agora vou separar as águas. Primeiro falo de desporto e mais logo de política.
Portugal venceu a Holanda e passou aos quartos. É bom lembrar que nas anteriores presenças passámos sempre a fase de grupos, pelo que a novidade não é grande, apesar de termos ficado no grupo mais difícil. Celebremos, então, mas não só a vitória. A recuperação de Cristiano Ronaldo merece uma saudação muito especial. Agora vamos defrontar a República Checa , teoricamente um adversário mais fácil do que os da fase de grupos. Com a tendência que temos para complicar, todos os cuidados são poucos...
Obnubilada pelo efeito futebolístico, a comunicação social praticamente esqueceu um grande feito do desporto português. Rui Costa venceu a Volta à Suíça, onde teve de medir forças com adversários de respeito como Andy Schleck. É para ele que vai a minha saudação especial.
Quando acabar este dia de trabalho, voltarei com a análise aos resultados eleitorais desta noite. Na Grécia não houve Syriza no topo do bolo, mas a análise da noite eleitoral que mantém a Europa em suspenso, não se fica por aqui...
Até já!

9 comentários:

  1. Meus netos estão baralhados com esta euforia
    E, pela primeira vez, ninguém ligou nenhuma à minha homilia...

    Espero que a sua análise ponha ordem nas hostes e esperança onde ela falta.
    Porque o que faz falta é... animar a malta!

    ResponderEliminar
  2. Um grande parabéns para o Rui Costa também e um até já!

    ResponderEliminar
  3. Não sabia do Rui Costa, isto a cena do futebol tem um efeito devastador sobre tudo o resto...

    ResponderEliminar
  4. Coitado do Rui Costa, um grande feito hoje, praticamente ignorado à conta da bola... É preciso ter azar! ;)

    Parabéns para ele, também! :D

    ResponderEliminar
  5. O futebol faz esquecer tudo e quase todos.
    Viva o Rui Costa!

    ResponderEliminar
  6. Duas boas notícias, finalmente.
    O Rui Costa vai ver a sua vitória abafada pela vitória da selecção.
    Maravilha!!

    ResponderEliminar
  7. Como no dia anterior, o ego grego tinha aumentado com o apuramento da sua selecção, o nosso vibrou bem com dois feitos desportivos de monta.
    O que eu dava por ver os gregos a eliminar a Alemanha...

    ResponderEliminar
  8. Já agora, Pedro Lamy venceu as 24 horas de Le Man, na categoria GTE Am, sendo o 1º Português a conseguir tal feito.

    ResponderEliminar