quinta-feira, 14 de junho de 2012

Tenham medo...muito medo!




A sigla DGS sempre me provocou urticária. Não se poderia ter criado um nome para uma Direcção Geral de Saúde que não invocasse constantemente a PIDE reciclada por Marcelo Caetano?
Quando se descobriu que o ex-espião Silva Carvalho é afinal um PIDE em liberdade, usufruindo dos favores da democracia que lhe concedem relações privilegiadas com o ministro Relvas, comecei a desconfiar que o monstro começava a tomar forma.
Agora, a defesa da intrusão da DGS nos lares, a pretexto de avaliar riscos de acidente, tirou-me todas as dúvidas: eles estão de volta!
Parafraseando Rob Riemen no ensaio “ O Eterno Retorno do Fascismo”, lembro que ninguém dá importância a um rato morto. Três ratos mortos são coincidência e  quem alertar para a possibilidade de uma praga quando o número de ratos mortos nas ruas da cidade aumenta, sofre de paranóia.  
Finalmente, quando um número espantoso de doentes ( são entre  quatro e sete mil os nomes de pessoas que constam dos ficheiros de Silva Carvalho)  apresenta inchaços, erupções cutâneas e delírios, acabando por morrer,  os médicos  sabem que a Peste está de regresso, mas escondem a notícia da população.
Sim, tenho medo. Muito medo… Eles andam aí, vestindo  a pele de democratas.  Poucos ainda se aperceberam que são fascistas na forma de pensar e agir. Quando acordarmos, vai ser tarde. É que eles estão disseminados por quase toda a Europa e já chegaram ao poder!

8 comentários:

  1. Olá Carlos...
    Mas esse é sempre o objectivo "Controlo Centralista do ESTADO através das Corporações" tcp Fascismo!!! Este é o nosso caso! Temos uma "democracia" que serve apenas para ILUDIR a populaça... A ilusão é materializada numa "folha de papel com uma cruz desenhada à mão" e é ou não uma ILUSÃO FANTÁSTICA?

    Mas NADA IMPORTA... As MANADAS estão de tal forma confusas que nem sabem qual a direcção da falésia mais próxima!

    Enquanto isso o plano da Alemanha está a correr de vento em popa! E quando eles terminarem o serviço, então aí é que vai ser de RIR A BOM RIR...

    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Se escutasses os programas de rádio de debate aberto ao público já te tinhas apercebido que "eles andem" aí de novo cheios de força a botar faladura com uma voz bem grossa, cheia de ameaças. Realmente só não vê quem não quer e a Comunicação Social não é que não veja, convém-lhes é estar de bem com os Anjos e, em especial, com o Demónio... just in case.

    ResponderEliminar
  3. E logo ontem que ouvi dizer o Hitler é que tinha razão... Anda tudo doido. Extermine-se é ideias destas, que a gente boa tem mais é de prevalecer.

    ResponderEliminar
  4. É extraordinário, como há crise para umas coisas, mas para gastar dinheiro nesses projetos, disfarçados de boas intenções, nunca falta! E a que propósito é que uma pessoa é obrigada a abrir a porta a esses "delegados" para eles bisbilhotarem onde estão os remédios e os detergentes? E também querem verificar o frigorífico e a despensa, para saber se a família come comida saudável? Aquele Francisco George nunca me enganou, primeiro com as suas campanhas anti-tabágicas, agora a entrar em casa das pessoas, para supostamente as aconselhar a lidar com os filhos... :P

    ResponderEliminar
  5. Fiquei um tanto atordoada com esta das visitas domiciliárias para inspecionar riscos de acidentes...

    ResponderEliminar
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  7. Uma forma de projectar o medo é dilatar-lhe o enredo...
    Falemos antes das formas de pôr cobro a isso!, ou do silêncio que o consente...

    ResponderEliminar