sexta-feira, 18 de maio de 2012

Relvas ao espelho


Esta manhã Relvas viu-se ao espelho e depois despejou as suas mágoas na Universidade do Minho
Enquanto a direcção do "Público" se remete ao silêncio e o CR do jornal promete não deixar cair o assunto no esquecimento, Relvas emite um comunicado a negar as acusações. Acredito. Ele não precisa de fazer ameaças, porque tem no seu gabinete especialistas na matéria.

3 comentários:

  1. Quero responder ao seu comentário, Carlos, para esclarecer que eu não tenho simpatia por NENHUM partido.
    Não sou amiga da Angie, nem do Gerónimo, e acho o Seguro tão incompetente como o Coelho.

    Observo à minha volta, sem ideologias.

    O Partido Pirata não tem programa, Carlos, daí o seu sucesso.

    Os piratas são utópicos, o partido defende, por exemplo, transporte público grátis para todos, mas não tem respostas para questões bem mais importantes como a presença militar alemã no Afeganistão ou a crise da dívida na zona do euro.

    O voto no Partido Pirata é um voto de protesto contra TODOS os partidos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um sincero obrigado pelo esclarecimento, Teresa
      Em relação ao Partido Pirata, eu pensava que fosse como diz, mas como ainda não me tinha debruçado sobre o assunto, pous-lhe a questão lá no blog.
      Quanto ao Seguro, concordo em absoluto consigo. Aliás, o facto de o PS continuara atrás do PSD nas sondagens, é esclarecedor.
      Não sei se haverá picadas sobre o G8 mas, se houver, só lá para sgunda-feira :-)))
      Finalmente, o Relvas. Só há uma palavra para o definir: escroque

      Eliminar
  2. Carlos, continuo à espera das picadas de escorpião sobre a Cimeira do G8, que decorre até sábado em Camp David, pois quero correr logo para aqui com o contra-veneno.

    O Relvas não sabe o que aconteceu aquele alemão que ameaçou o jornal "Bild"? Foi com as trouxas!!!
    Se fosse esperto, sabia que certos jornalistas são mais poderosos que os políticos.

    Saudação portista, Carlos, onde os nossos corações se encontram.

    ResponderEliminar