quinta-feira, 17 de maio de 2012

Há mais alegria na Praça

Reabre hoje as portas o mítico Ritz Clube, um cabaret emblemático da noite lisboeta e não só, desde nos anos 60  e que nas duas últimas décadas do século XX evoluiu para espaço de concertos onde as meninas más de famílias boas gostavam muito de ir. 
A reabertura é uma boa notícia, pois há alguns anos esteve condenado a desaparecer. Não terá o glamour de outros tempos, mas não deixarei de lá ir amanhã para ver e ouvir  o Jorge Palma, figura que se enquadra perfeitamente no espírito underground  daquele espaço.
 Faz falta a Lisboa uma sala como aquela.  Espero que tenha vida mais longa do que o recuperado Maxime, que voltou a encerrar as portas há meses.

6 comentários:

  1. Nunca fui menina má de boas boas famílias, mas mesmo assim fui lá algumas vezes :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também lá estive algumas vezes com meninas que não eram nem más, nem de famílias boas,mas nunca ouviu esta "boutade"?

      Eliminar
  2. O Ritz Clube foi toda uma "instituição"; passei lá momentos inolvidáveis naquela atmosfera de decadência maravilhosa...

    ResponderEliminar
  3. Bad girls go everywhere ... :) lembrei-me:)

    ResponderEliminar