segunda-feira, 7 de maio de 2012

Estreia pouco auspiciosa




A estreia de Marcelo Rebelo de Sousa com Judite de Sousa, nas homilias dominicais da TVI, foi pouco auspiciosa.
Ao pretender mascarar a derrota pessoal de Merkel na aposta que fizera em Sarkozy, MRS lembrou que a chanceler alemã  tinha vencido ontem as eleições regionais no seu país. É só meia verdade porque,  apesar de ter ganho tangencialmente as eleições em Holstein, a CDU ( 30,5%) perdeu  votos em relação a 2009 e a maioria para a esquerda. O SPD reforçou a sua votação, passando de  25% para 29,7% e Os Verdes alcançaram 13,8%.
Em relação à vitória de Hollande, MRS manifestou a sua esperança em que o novo inquilino do Eliseu não cumpra as promessas eleitorais.Ou seja, caucionou a mentira como forma legítima de chegar ao poder. Não espanta, por isso, que continue a apaparicar este governo, fazendo tábua rasa das duras críticas que tecia a PPC quando se candidatou à presidência do PSD...
Mas onde Marcelo foi desastroso, foi na comparação entre  esta experiência educativa de Portimão ( ao que parece ditada apenas por interesses contabilísticos) com a experiência de pedagogia cooperativa de  Summerhill ( registada para a posteridade no livro “Les libres enfants de Summerhill, mas também neste vídeo).
Presumo que tenha sido apenas por ignorância  que fez esta comparação, pelo que lhe desejo um rápido restabelecimento…

5 comentários:

  1. Já me falta a paciência para o ouvir não há pachorra, ainda mais agora acoplado à primeira dama de Sintra é mais uma certeza de que não se perde nada.

    ResponderEliminar
  2. Deixei de o ouvir, porque embora diga muita coisa acertada e que faz sentido, distorce sempre a verdade, para fazer valer os seus argumentos e posições políticas ou religiosas... Um faccioso nato, é o que ele é! :P

    ResponderEliminar
  3. A minha paciência com este personagem tendencioso já terminou. E agora fazendo dupla com a Sra. D. Judite Seara nem me motiva a usar o controle remnoto na hora do massacre.

    Acabou!!!!

    Pelo que dizes acho que só me posso congratular pela minha decisão.

    ResponderEliminar
  4. Só vê quem quer...
    Eu há muito não vejo.

    ResponderEliminar