segunda-feira, 28 de maio de 2012

As jovens democracia do Leste Europeu

Passei completamente ao lado do Eurofestival da canção que, soube hoje, se realizou em Baku, capital da florescente república ditatorial do Azerbeijão. 
As instâncias europeias apostam cada vez mais em países da ex-URSS, onde a democracia parece não ser muito apreciada, para realizar eventos europeus. 
Como é o caso da Ucrânia, país  co-organizador do Euro 2012,  cujo retrato traçado por Sol Campbell à BBC é francamente animador.

5 comentários:

  1. Foi uma caixa de Pandora que se abriu embora pense que Campbell apenas está a lançar gasolina para a fogueira, as máfias também gostam da bola.

    ResponderEliminar
  2. Confesso que também me passou ao lado.

    ResponderEliminar
  3. Veremos... eu tb ficaria um pouco apreensiva.

    ResponderEliminar
  4. Não vi o Festival da Eurovisão deste ano e, nem queria publicar nada sobre esse acontecimento no "ematejoca", mas ao chegar a casa e ouvir que a Alemanha tinha ficado em oitavo lugar e, que um país de que eu gosto tinha ganho, não resisti.

    Também não queria escrever nada sobre o Festival de Cinema de Cannes, pois considero isso uma traição ao meu querido Festival de Cinema de Berlim, mas quando soube que o vencedor foi um filme de um dos meus realizadores preferidos, o austríaco Michael Haneke, tendo como actor o admirável Jean-Louis Trintignant, também não resisti.

    Voilá!!!


    Claro que gostei que a Suécia ganhasse pela quinta vez e o nosso Roman Lob ficasse em oitavo lugar.

    ResponderEliminar