terça-feira, 20 de março de 2012

AUTOGÉNESE


1 comentário:

  1. Obrigada Carlos, por este belo momento de poesia.
    Apesar de não gostar muito de ouvir declamar Natália Correia, adorei o poema.
    Um grande beijinho.
    Janita

    ResponderEliminar