terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Arte com sentido crítico (13)


12 comentários:

  1. Sem dúvida, a pobreza é uma bomba relógio com o rastilho cada vez mais curto.

    Boa noite, Carlos.

    ResponderEliminar
  2. Tic-Tac...Tic-Tac... Com menos seremos mais!

    ResponderEliminar
  3. É, a miséria funciona como uma bomba relógio, que nunca se sabe quando vai explodir...

    Continuação de bom trabalho/férias, Carlos!

    ResponderEliminar
  4. O Gaspar a ameaçar que, se não lhe dão mais guito, manda esta m@#$$da toda pelo ar?

    ResponderEliminar
  5. Que lhes rebente na cara!
    (desculpa a falta de visitas, que me fazem falta, mas problemas pessoais têm-no impedido...)
    Abraço

    ResponderEliminar
  6. Carlos querido

    Vale muita reflexão.
    Beijo

    Lucia

    ResponderEliminar
  7. a filharada e netada da classe média e os tziganos é que são a bomba reboluçionária

    os velhadas bem instalados
    e os belhadas mortos de fome
    nã se reboltam nã

    uns gritam muito mas têm pança grande e cansam-se depressa

    os outros mal piam...

    daqui a 10 anos 4 milhões de velhadas e só meio-milhão de pequenos ladrões

    é uma bombinha de carnaval...
    nem se ouve o estouro

    ResponderEliminar
  8. Este cartoon é o retrato perfeito da humanidade da direita!

    ResponderEliminar
  9. O desfecho é evidente. Tudo não passa de uma questão de tempo.

    ResponderEliminar
  10. LEGENDA SUGERIDA:

    "Agachem-se. Pode haver estilhaços"

    ResponderEliminar
  11. Ontem, andando a pé nas ruas da baixa da minha cidade, ouvi comentários que me fizeram questionar... quando é que isto vai rebentar.???

    abraço

    ResponderEliminar
  12. Qual é o nome desse artista? Recebi um e-mail com essas obras, mas não diz de quem são! alguém pode me ajudar?

    ResponderEliminar