sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Álvaro no Poço da Morte

( Depois da entrevista a Vítor Gaspar, a propósito da ida do governo ao Circo de Natal, segue-se o ministro Álvaro Santos Pereira)

Boa tarde, senhor ministro, gostaria de saber...

-Ó homem deixe-se lá de salamaleques. Trate-me porÁlvaro , porque eu ainda não tenho Cartão do Cidadão e os meus padrinhos não me baptizaram de Ministro. Aliás, o único Ministro que conheço é o presidente da Câmara de Mafra ( Esta foi boa, não foi? Mas não ponha isso na entrevista, senão ainda me mandam para Vancouver e agora deve estar lá um frio do caraças!)

Ok, Álvaro. Diga-me lá, então, qual é o seu número de circo preferido?
Adoro circo e há por aí quem diga que eu até poderia fazer de palhaço, mas são tantos os meus colegas de governo candidatos a ocupar o lugar, que resolvi não me meter nisso. Bem, mas também o que você quer é saber qual é o meu número de circo preferido e não as minhas capacidades para fazer parte dele, não é verdade?

Sabe ... eu gosto de números arriscados e foi por isso que deixei o meu pacato e ignorado lugar em Vancouver para regressar a Portugal e tomar conta das pastas de Economia, Emprego, Obras Públicas… ( não sei se falta alguma, é melhor perguntar ao senhor primeiro ministro, porque ele é que sabe dessas coisas) .
Andam para aí a dizer que sou “O elo mais fraco”, mas isso não me incomoda nada, porque já sei que os portugueses são muito invejosos.

Ah, é verdade, a sua pergunta… Dentro de alguns dias eu envio-lhe o relatório …

Não pode ser , porque precisa de fechar o jornal? Ó homem você não me faça isso! Com tanto desemprego que por aí anda, isso não é nada bom para o país. Quer que dê um telefonema ao Relvas para ver se ele dá uma ajuda? … Ahhhhhhhhhhhhhhh!!!!! Você tem é de fechar a edição de hoje do jornal, não é o jornal! Puxa, que alívio… Sabe , eu por vezes sou um bocadinho distraído e depois com tanto trabalho…. A propósito…qual era a sua pergunta?
- Qual é o número de circo que prefere , senhor ministro?
- Não sei, nunca tinha reparado que os circos tinham números. Você pergunta-me cada coisa…

- Não é isso senhor ministro... Prefere os palhaços, os cãezinhos amestrados, os trapezistas…
- Ah é isso? Você também podia ser mais claro nas perguntas, caramba! Olhe, como já disse aqui atrasado a um colega seu, adoro o Poço da Morte. Vai bem com a minha maneira de ser e estar na vida, você não acha?
Próxima entrevista : Paulo Portas

14 comentários:

  1. Carlos
    Fixe!
    Até descobri que tenho em comum algo com o "Alvaro". Tambem gosto do poço da morte.

    ResponderEliminar
  2. rrsss gostei!

    Para entrevistar Portas, só por cunha e milagre, já que nunca está em Portugal,,,


    Bom fim de semana, Carlos.

    ResponderEliminar
  3. Meu caro Carlos, parabens pelas tuas entrevistas aos artistas, não esqueças de também entrevistar os artolas que votaram nêles
    Abraço

    ResponderEliminar
  4. "Antes o poço da morte
    Que tal sorte...."

    ResponderEliminar
  5. Julgava que o número preferido dele era o da corda bamba, mas tá certo, esse condiz com a personagem... :)

    O PP, se calhar, só por vídeo conferência... :D

    ResponderEliminar
  6. "Aqui atrasado"...

    Carlos,
    nem imagina a embirração visceral que eu tenho a tal expressão.....

    ResponderEliminar
  7. SÃO
    Está realmente a ser um problema entrevistar o Portas. Talvez tenha de o substituir pelo Relvas...

    ResponderEliminar
  8. João Quitério
    Deste-me uma grande ideia! Obrigado.
    Vou seguir o teu conselho
    Abraço

    ResponderEliminar
  9. Teté
    Será difícil, mas hei-de conseguir. Nem que seja por mail!

    ResponderEliminar
  10. Ariel
    Eu também... mas tenho o vício de ouvir os ministros e apanhei o Álvaro nesta. Não podia perder, não lhe parece?

    ResponderEliminar
  11. Nem me diga nada...e eu a pesar que era o Carlos numa de embirração com o homem. Enfim, uma desgraça nunca vem só...:)))

    ResponderEliminar