quarta-feira, 19 de outubro de 2011

O Apocalipse ainda está para vir...

Parece-me óbvio que a primeira preocupação deste governo não é combater o défice, nem reduzir as despesas de funcionamento da Administração Pública ( aliás, não vi uma única medida no OE conducente a atingir esses objectivos, já que todos os cortes de despesa foram efectuados com recurso à penalização dos rendimentos das famílias).

O primeiro objectivo deste governo é, sim, desmantelar o Estado Social de forma a ser irrecuperável nas próximas décadas, pelos governos que lhe sucedam. Depois, quando estivermos à beira da bancarrota, o governo tentará renegociar a dívida e fará as reformas estruturais de que o país necessita. Entretanto, dará às empresas argumentos para reduzir os salários do sector privado ( Van Zeller, presidente dos patrões, já veio admitir a hipótese como muito provável) aniquilará os negócios familiares de ( quase) subsistência e aumentará o desemprego, que passa a custar menos dinheiro ao Estado.

O golpe final neste arremdo de democracia em que vivemos nos últimos anos será dado em 2014, quando a comunicação social se tornar num instrumento do poder, por via do sienciamento dos restos da RTP e pela criação de legislação inspirada no modelo húngaro, que controlará as empresas de comunicação social.

Nessa altura, aquela meia dúzia de patuscos que convocou uma manif em defesa da liberdade de expressão, estará repimpada em lugares de administração dessas empresas, fumando charutos e passeando-se em carros pretos de vidros fumados.

Imaginação prodigiosa? Talvez! Em 1992, quando escrevi um artigo a vaticinar que em duas décadas a União Europeia estaria à beira do estertor, também me chamaram maluco!

13 comentários:

  1. Sejamos realistas. a comunicação social já está toda controlada pela direita. Sem toda a desinformação e ocultação diaria (veja-se o caso do grupo de bruxelas que anda por cá a "ajudar" o Min. Finanças, alguem diz alguma coisa?)não seria possivel o autêntico golpe de estado que está a ser feito. O problema é que temos uma esquerda com medo dos grupos de media e em que mais vale a vaidade de ser comentador que a vontade de lutar por um grupo de media na área social democrata, bastava um jornal. É esta a verdade.
    É impressionante num país que se diz livre não haja ninguem com cojones para denunciar isto...em país algum se vê isto.

    ResponderEliminar
  2. Apocalipse, não sei, Carlos.
    As maiores dificuldades, os maiores problemas?
    Sem ponta de dúvida.

    ResponderEliminar
  3. Carlos
    Até gostava de lhe chamar "maluco"
    Mas desgraçadamente, parece-me que está muito lúcido.

    ResponderEliminar
  4. ¡¡CITA DE MARCO TULIO CICERON, hace 2.064 años!!

    "El presupuesto debe equilibrarse, el Tesoro debe ser reaprovisionado, la deuda pública debe ser disminuida, la arrogancia de los funcionarios públicos debe ser moderada y controlada, y la ayuda a otros países debe eliminarse para que Roma no vaya a la bancarrota. La gente debe aprender nuevamente a trabajar, en lugar de vivir a costa del Estado."
    Año 55 a .C.

    ResponderEliminar
  5. A comunicação social nem necessita de que a RTP caia, pois neste momento está já nas mãos da Direita.

    A Unão Europeia desmorona-se, mas ...realmente existiu?

    Temos, porém de admitir que Passos deu sinais evidentes do que pretendia , se votaram nele foi porque concordaram ou por ustupidez congénita.

    E Cavaco, ainda vive?

    Bom dia.

    ResponderEliminar
  6. Como gostava que o Carlos sofresse de uma perseguição maníaca e obsessiva contra o "estado e o futuro da Nação" mas está mentalmente muito são.

    ResponderEliminar
  7. Amigo Carlos, não é a teoria da conspiração que por aqui anda! É a verdade nua e crua!
    Daqui a dois anos, volte a publicar este texto, por favor!

    ResponderEliminar
  8. Não me parece nada maluca a sua previsão Carlos, para mim é muito mais fácil de entever esse cenário do que em 1992 ter previsto a implosão da UE.

    ResponderEliminar
  9. O país devia ser conduzido pelos malucos, acho que estaríamos bem melhor.

    beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Temo que tudo isso seja verdade! :P

    ResponderEliminar
  11. O QUÊÊÊ?!? Nada disto...

    Em 2014:

    Dívida Directa do Estado: 40% PIB
    Dívida Total da Nação: 55% PIB
    Taxa de Desemprego: 1,035%
    IVA Lista I - 3%
    IVA Lista II - 5%
    IVA Normal - 15%
    IRC: 10%
    IRC Banca Privada: 35%
    Offshores: ZERO
    Sector Primário:50%
    Sector Secundário:30%
    Sector Terciário:20%
    Escolas de Pensamento: Gratuitas e Livres
    Sistema de Saúde: Livre e Gratuito
    Tributação Bolsista: 40%
    Remuneração Máxima Mensal Nacional Bruta 5000€ (público e privado)
    etc etc...
    ah ia-me esquecendo...
    Taxa Crescimento do PIB: 6%

    ResponderEliminar
  12. Los 10 artículos de Confucio sobre la economía

    1. Si el príncipe utiliza las rentas públicas para aumentar su riqueza personal, el pueblo...

    2. Si el príncipe o los magistrados promulgan leyes o decretos injustos, el pueblo no los cumplirá y se...

    3. Sólo hay un medio de acrecentar las rentas públicas de un reino: que sean muchos los que produzcan y pocos los que disipen, que se trabaje mucho y que se gaste con moderación. Si todo el pueblo obra así, las ganancias serán siempre suficientes.
    http://elartedelaestrategia.blogspot.com/2011/08/los-10-articulos-de-confucio-sobre-la.html

    ResponderEliminar