domingo, 21 de agosto de 2011

Bate, bate, coração (21)

Aretha Franklin






Há vozes que nunca esquecerei, mas a de Aretha Franklin é incomparável. Num inquérito realizado pela Rolling Stone, para escolher as 100 melhores vozes do século XX, Aretha Franklin ficou em primeiro lugar. Nos 20 primeiros, só outra voz de mulher: Tina Turner.

Se foi "Respect" que me deu a conhecer Aretha, canções como "I say a Little Prayer" ou "(You Make me feel) Like a natural Woman" ainda hoje me provocam fortes arritmias. Para partilhar convosco, escolhi "Spanish Harlem". Espero que gostem...

6 comentários:

  1. Carlos
    Esta é daquelas, que apetece ouvir até à capacidade máxima dos nossos ouvidos suportarem os décibeis emitidos.
    Bom Domingo

    ResponderEliminar
  2. Concordo. Uma voz que nunca cansa.

    ResponderEliminar
  3. Aretha tem uma voz abençoada, única, não há duas opiniões sobre ela.

    ResponderEliminar
  4. Obrigada, Carlos, pela tua oferta de domingo! "Respect" continua a ser um hino...

    ResponderEliminar
  5. Carlos
    Adoro ouvir a Aretha.
    Muito obrigado.
    abraço

    ResponderEliminar
  6. Tempos
    em que as vozes saiam da garganta
    hoje saem dos laboratórios de estúdio
    e ninguém reclama nem se espanta...

    ResponderEliminar