segunda-feira, 18 de julho de 2011

Uma página em branco

Depois de umas semanas de férias, não é fácil voltar a postar. Regresso a Lisboa, leio as notícias, as ideias chovem em catadupa, mas não me apetece escrever. Sinto os movimentos presos, os membros incapazes de responder às solicitações do cérebro. O computador aberto à minha frente é como uma página em branco.



Apetece-me espingardar em várias direcções, mas iria escrever sobre temas que, apesar de para mim serem novidade (andei distante das notícias durante estas semanas), para os leitores já passaram à história e não os pretendo maçar.



Vou começar a visitar-vos, para me reencontrar com a realidade. Depois talvez volte a inspiração. Até já...

6 comentários:

  1. Carlos
    Agora imagine estes "pobres bloggers" amadores que nem o cheiro de férias tiveram, a querer escrever sobre os mais variadíssimos.
    temas da actualidade?
    Bem vindo (de certeza que essa moleza pós-férias, passa depressa.

    ResponderEliminar
  2. Pelo meu nunca há novidades!
    É um blog para o paradito! :-))

    Abraço

    ResponderEliminar
  3. É verdade, Carlos, além do excesso de informação, que nem se sabe por onde começar, as duas semanas de destreino fazem com que os dedos hesitem no teclado... Se aliado a isso ainda tivermos notícias com dias ou mais de uma semana de atraso... ;)

    Bom regresso a casa, mesmo assim! :D

    ResponderEliminar