sexta-feira, 29 de julho de 2011

Figura da semana

Mota Amaral








Não tenho qualquer simpatia por João Bosco Mota Amaral, que está nos antípodas das minhas opções políticas e ideológicas, mas reconheço-lhe uma postura digna de que deu mais uma vez provas na última semana. Ao ver vetados pelo PR os nomes que convidara para o Conselho das Ordens , o ex-presidente da AR mandou Cavaco à fava e demitiu-se do cargo de chanceler das Ordens Nacionais, de que tomara posse três meses antes, a convite do filho de Boliqueime. Nos dias que correm, esta atitude merece registo, embora tenha ido ao encontro das pretensões de Cavaco que, de imediato, convidou a sua aia Manuela Ferreira Leite para o cargo e, pelo caminho, aproveitou para se desenvencilhar de algumas pessoas incómodas e colocar lá outros amigalhaços.



Será no 10 de Junho de 2012 que o PR retribuirá a Oliveira e Costa o gesto magnânimo das acções do BPN e condecorará esse grande e impoluto patriota ? Já vi porcos a andar de bicicleta e o actual PR recusar uma pensão a Salgueiro Maia por feitos extraordinários, mas concedê-las a dois ex-agentes da PIDE, por isso nada me espantará.

1 comentário:

  1. Carlos
    A posição em que me situo do ponto de vista politico e ideológico em relação a Mota Amaral é coincidente com a sua. No entanto ao longo da vida e ultrapassando o sectarismo de que enfermei noutros tempos, aprendi a apreciar as pessoas pela sua atitude e comportamento enquanto isso.
    Prefiro um homem de direita que o é convictamente e não o esconde, do que uma catrefada de gente que por aí anda ao sabor do vento (tipo o não são peixe nem carne). Tambem gostei desta atitude de Mota Amaral. Naturalmente que não esqueço outras de que não gostei nada.

    ResponderEliminar