quinta-feira, 28 de julho de 2011

Caderneta de cromos (29)

Teresa Caeiro



Teresa Caeiro, 42 anos, vice-presidente da Assembleia da República, entrou para a colecção de cromos de Miguel Sousa Tavares ao tornar-se, recentemente, a sua quarta “esposa”. Não será isso, no entanto, que me impedirá de lhe reservar um lugar na caderneta de cromos do CR, já que a prestação no debate com Alfredo Barroso na SIC Notícias, a que apenas assisti posteriormente por cortesia da blogosfera, provou que Teresa Caeiro é merecedora do destaque. Claro que teve a preciosa colaboração de Mário Crespo e uma ajudinha de Alfredo Barroso, mas isso não tira brilhantismo à sua prestação televisiva.
Desde os tempos em que frequentava o mercado do Bolhão,não via uma senhora tão fina e de sensibilidade tão aguçada, aliar a sua putativa beleza nórdica a uma menoridade intelectual e ao comportamento típico da vendedeira que atirava com o cachucho às trombas da freguesa que ousava duvidar da frescura do teleósteo.
Tirem-lhe o blaser branco e vistamam-lhe um avental e terão a imagem da Micas, a vendedeira de hortícolas que, no velho mercado do Bolhão, despertava os devaneios eróticos dos adolescentes do meu tempo. Mas isso era só até ela abrir a boca… Quando começava a esgrimir argumentos com os olhares conspícuos dos rapazolas, desbobinando o vernáculo vocabulário, a tensão sanguínea dos rapazes abrandava de imediato. Com Teresa Caeiro, vice-presidente da AR, tive a mesma reacção.
Quem estiver interessado, pode ver o espectáculo aqui. ( via Câmara Corporativa)

16 comentários:

  1. Carlos
    Tenho cá a impressão que a pescadinha de rabo na boca que comeu ontem, provocou-lhe azia. Os fritos têem esse inconveniente.
    Quanto ao resto subscrevo. Não sabia é daquela do "Tareco Junior".
    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Já estava a estranhar que o Carlos não falasse do caso Teresa Caeiro, e não lhe reservasse um lugar na caderneta de cromos do CR.

    Por favor, Carlos, não compare essa senhora tão fina com as típicas vendedeiras do Bolhão, porque é uma GRANDE OFENSA para essas mulheres do povo.

    Políticas/os deste calíbre deviam ser imediatemente expulsas/os da AR.

    ResponderEliminar
  3. Tornei a ver o vídeo e cheguei à conclusão que houve má educação de ambas as partes.

    O que mais me irritou no Alfredo Barroso foram os complexos de inferioridade que lhe estavam espelhados em todos os seus movimentos corporais, e que a super arrogante Teresa Caeiro aproveitou, e de que maneira.

    ResponderEliminar
  4. A inspiração para o meu post de hoje veio-me da Teresa Caeiro!!!

    ResponderEliminar
  5. Se eu fosse bandedeira do Bulhon, dizia-le...

    ResponderEliminar
  6. Só não entendo como é que o MST se foi casar com ela!... Uma verdadeira croma!

    ResponderEliminar
  7. Cometi o erro de ver o vídeo. Ainda agora estou enojado com o comportamento da dita senhora. E envergonhado com a muleta, essa sim, de nome Crespo. Dasse!

    ResponderEliminar
  8. Quem começo esta «guerra» patética foi o Alfredo Barroso, que simplesmente não deixou a Teresa Caeiro rebater a sua opinião. E fê-lo, porque estava a perder e sabia que ia perder, porque não tinha outros argumentos para contrariar a Teresa Caeiro.

    Mas a Teresa Caeiro também exagerou, não o tinha que atacar com «artilharia pesada», bastava insistir na tecla do «não me interrompa, por favor, que eu também não o interrompi». Assim caiu no campo da má-criação e acabou por perder a razão que tinha.

    Em resumo: Estiveram os dois mal.

    ResponderEliminar
  9. Uma pessoa só consegue suportar o MST ao pensar na mãe, e o que ele escreve é de boa qualidade, mas de resto, é também um verdadeiro cromo, Carol, e as cromas dele são sempre da ala direita.

    ResponderEliminar
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  11. Ó carago, o que eu ia perdendo se não vinha aqui! Como é que deixei passar isto? Está muito calor para ver televisão, deve ser isso.

    ResponderEliminar
  12. Ai se o Sousa Tavares lê isto, Carlos!!!
    Quem é que falou em peixeirada??? :))

    ResponderEliminar
  13. Pronto, a senhora está taxada e cromada. Não é que lhe fica bem? Ai Miguel, seu misógeno...
    Dri

    ResponderEliminar
  14. Isso porque gosta de mulheres, mas não das mulheres...
    Dri

    ResponderEliminar