terça-feira, 7 de junho de 2011

A escolha da Brites

Decidi revelar-vos em quem votei. Se o Carlos disse em quem ia votar e a Martinha me garantiu que amanhã diria em quem votou, ficava mal comigo se continuasse a guardar segredo.

Votei no PAN, prontos! Na verdade, devo confessar-vos que quando vim pensava votar no Coelho, porque era o único animal candidato, mas depois percebei que havia um partido que defendia os animais e decidi-me logo. Não me pareceu justo que um coelho quisesse um partido só para ele, quando tinha outro onde estavam representados todos os animais. Gosto da malta do "jet set", mas detesto animais elitistas. Assim, decidi votar no PAN, o partido de todos os animais que, além de ser novo, tenho a certeza cumprirá a sua promessa de nos defender a todos e não só os mamíferos que pertencem à classe Mammalia. (O Sebastião diz que todos os políticos pertencem a essa classe, mas procurei na Wikipédia e lá só fala dos mamíferos vertebrados por isso, parece-me que ele está enganado. Mas adiante…)
O PAN é já o segundo maior partido português, entre os que não concorrem à Europa nem a S. Bento. Com quase 60 mil votos, ficou logo a seguir ao MRPP do dr Durão Barroso (não, não estou maluca, eu ouvi-o dizer à mulher , bem perto do sítio onde foi votar, que não votaria nunca no Passos Coelho, porque não confiava nele e seria uma traição ao amigo Sócrates. Só que, como não queria ser acusado de trair o seu partido, também não podia votar no PS.

“Por isso, Margarida, vou reviver os meus tempos de juventude e vou votar no MRPP”-disse ele com os olhos marejados de emoção. O Garcia Pereira contou logo ali com dois votos e não estou certa que não tenha recebido mais uns milhares de malta nostálgica daquele tempo em que os exames eram uma espécie de julgamento popular, o Dr. Barroso andava a destruir a mobília da Faculdade de Direito, extinguiu a Associação Académica e queria “fazer a folha” ao prof. Soares Martinez . Não fosse o revivalismo de alguns eleitores e o PAN teria ficado em primeiro lugar, vos garanto. Digam lá se não tenho razão para estar orgulhosa da minha escolha!

2 comentários:

  1. Curioso, Brites, houve quem me telefonasse de Portugal só para me aconselhar a votar no PAN, uma vez que sou muito amiga de animais.
    Pensas que o PS e o José Sócrates fariam mal ao meu Casimir, caso tivessem ganho?

    Esses partidos pequenos como o BE só servem para gastar dinheiro, perder-se tempo a ouvi-los como também são os causadores da perda de votos úteis.

    Não houve outrora um partido chamado Pirata ou chama-se agora PDS?

    O Durão Barroso foi de propósito a Lisboa para votar? É assim que se gasta dinheiro mal gasto ou foi a Angie que lhe pagou a viagem?

    Sabe-se lá, Brites, se o Carlos não votou no Passos Coelho, seria uma traição à sua ideologia, mas nos homens nunca se deve confiar.

    ResponderEliminar
  2. Enquanto brinca com coisas sérias
    eu assumi nova personagem
    (Que me não falte a coragem)
    Nem, para mais danos,
    a generosidade dos verdadeiros Lusitanos

    Assino-me

    Viriato, ressuscitado

    ResponderEliminar