sexta-feira, 29 de abril de 2011

Dúvidas do Facebook

Há mais de um ano que vários amigos me tentam convencer a aderir ao Facebook.Não sou fã das redes sociais e tenho resistido. No entanto, como não quero perder amizades que valem a pena, por causa de uma birra, estou quase a ceder.

Tenho, porém, duas dúvidas. Uma prende-se com o facto de já existir um tipo com o meu nome que já me causou alguns dissabores e me fez perder alguns leitores que o confundiram comigo. Que nome vou usar? A outra é saber como devo reagir se o dr Cavaco quiser ser meu amigo. Posso recusar?

14 comentários:

  1. Só o Carlos... O Carlos pode optar por usar só o primeiro nome, ou o último, ou as iniciais, ou usar o nome do blogue.
    Se o Dr. CS lhe mandar um pedido de amizade, o facebook permite recusá-lo discretamente, mas escolher a opção "não conheço esta pessoa" e não voltará a receber pedidos de amizade dele. :)

    ResponderEliminar
  2. Também não sou grande adepto do FB, mas uso, apesar de algumas arrelias cá em casa com as "Amigas", já que com os "amigos" parece não haver problemas, mas peleo que sei o Carlos, não tem desses problemas, já que não tem de dar cavaco a ninguém... perdão, desculpe a ofensa, eu queria dizer, prestar contas. Mas já que se fala... dessa coisa, pode rejeitar, bloquear, denunciar mas acho que o mais relevante é poder classificar como spam. Para mim é o mais correcto, pois pelos vistos tudo o q lá é escrito, nada mais é que lixo.
    Abraço e boas amizades.

    Agora vou ali ao Moto GP e já venho....

    ResponderEliminar
  3. Carlos
    Aderi mas sou muito pouco praticante. O chato de facto é o pedido constante de pedidos de amizade que temos que recusar, mas de facto o Cavaco ainda não pediu amizade.

    ResponderEliminar
  4. Andei com a mesma dúvida e hesitação durante muito tempo, mas lá acabei por me inscrever na mesma altura em que fiz o blogue novo. A quantidade de pessoas com o meu nome é alarmante, rrrrss!!! mas também pode ser uma vantagem... :)Quanto ao pedido de amizade do Cavaco, há várias hipóteses... a melhor é escolher a da Helena. Há depois aquela velha máxima keep your friends close, your enemies closer, rrss... talvez o melhor fosse aceitar. Mas suponho que corria o risco de perder alguns amigos, rrrsssss :))Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. O nome pode ser qualquer um, os amigos topam logo!
    Quanto à amizade do dito senhor ele não a pede, faz o favor de aceitar quem lha peça.
    Ora não será o caso, seguramente!
    Eu já ando pelo FB há uns tempos e ainda não me apareceu nem como sugestão! :-))

    Abraço

    ResponderEliminar
  6. Caro Carlos existirem pessoas com o mesmo nome que nós no facebook poderá ser complicado, como ocorreu consigo.
    Mas não se preocupe pois o sr.cavaco não convida ninguém.

    Mas se aderir, avise, para eu pedir para ser meu amigo, ehehehehe.

    ResponderEliminar
  7. Só aceita quem quiser, eu nem sequer me dou ao trabalho de "recusar", bastar não responder ao pedido e assunto fica resolvido. O Facebook não é bom nem é mau, é aquilo que fizermos dele. Para mim é um ferramenta interessante para interagir e "rever" amigos que doutra forma não seria possivel. Além de que tem o poder na sua mão na definição do seu perfil.
    Espero que adira e avise.....

    :)))

    ResponderEliminar
  8. Carlos
    Também aderi embora não vá lá todos os dias, mas se acha que estou sujeita a um pedido do Sr. Cavaco, vou ficar agarrada ao facebook já!!! Os pedidos nós ~ignoramos e quem o pede não sabe, o que é bom. Espero que quando lá estiver que apite.
    Beijo

    ResponderEliminar
  9. Eu experimentei durante um tempo, mas acabei por desistir, com a falta de tempo que tenho, teria que optar, entre os blogues ou o facebook, e gosto muitos mais dos primeiros :)
    E aqui não corro o risco de ter amigos indesejáveis :))

    Bjos

    ResponderEliminar
  10. Há muita gente com nomes iguais ou semelhantes por lá, é mais pela foto ou logo que as pessoas topam as diferenças. E também pelo que por lá postam, claro! :)))

    Quanto ao Cavaco, não me cheira que ande a pedir amizade a ninguém, bem como a maioria dos outros políticos - aceitam como amigo, ou têm páginas próprias para os fãs...

    Acho que o FB não faz mal a ninguém: só lá vai se e quando quer... :D

    ResponderEliminar
  11. Carlos B. Oliveira. E o Cavaco se lê o seu blog, não vai querer nunca seu amigo :))))))))))))))

    Mas eu vou!

    ResponderEliminar
  12. Pois também eu levei imenso tempo a recusar-me ao facebook. Acabei por criar uma conta pessoal, mas orientada por razões profissionais e é essencialmente nesse registo que o utilizo. Acabei por descobrir que, como diz a ariel, nós fazemos dele o que quisermos. As opções de privacidade são nossas e os "amigos" também não nos podem ser impostos. Além de que também nos podemos sempre "desamigar".

    ResponderEliminar
  13. CARLOS, aderi ao Facebook, por intermédio de uma amiga. Mas,pouco o visito. Acho o blog muito mais interessante.
    O Cavaco tem cara de poucos amigos,portanto não periga querer fazer amizades. Porém, há que se ter cuidado!!!

    ResponderEliminar
  14. Eu entrei e não me arrependi, graças aos bloqueios.É possível restringir bem os seus acessos. Acho CBO um bom nome. Vai lá e faz um test drive.

    ResponderEliminar