quinta-feira, 31 de março de 2011

A Rainha da Sucata


Portugal estava numa situação gravíssima. Durante a campanha eleitoral, Cavaco Silva alertou para as consequências imprevisíveis de uma crise política. A continuidade deste governo era insustentável, mas o momento escolhido por Passos Coelho para o fazer foi o mais inadequado. Pensou apenas nos seus interesses ( uma moção de censura depois da aprovação do PEC IV fragilizaria o PSD perante os eleitores) e não no país. Sejam quais forem as desculpas que invente, a verdade é que a culpa de estarmos a ser classificados como lixo é exclusivamente sua. Quando o país estava à beira do precipício, Passos Coelho deu-lhe um empurrão.


É natural que não se aperceba do mal que fez ao país... está habituado a falar para os mercados em inglês e os portugueses são, na sua perspectiva, as "marionettes" obedientes e passivas. É capaz de ter algua razão. Os portugueses são incapazes de ver mais alternativas para além do preto e do branco e, quando estão cansados de uma cor, acreditam que basta mudar para outra, para que as coisas melhorem. Será por isso, muito provavelmente, o futuro primeiro-ministro de Portugal? Não. Será apenas a "Rainha da Sucata".

3 comentários:

  1. É lamentável que todo um país esteja desse jeito, enfrentando essa crise toda por causa de políticos inconsequentes, corruptos e imaturos. Tais pessoas não têm a consciência de que ocupam as posições que ocupam para AJUDAR, e não para ATRAPALHAR?
    Não têm.

    Beijos

    Carla

    ResponderEliminar
  2. Caro amigo:
    Quando vamos acordar?
    Até quando esta agonia?
    Será possível que vamos continuar a alimentar estes vergonhosos políticos!

    Bjos

    ResponderEliminar
  3. Ora aí está o título que me escapava!! Bem me parecia que tenho estado a ver uma telenovela!! Estou ansiosa que acabe... faltarão muitos capítulos?
    Bjo

    ResponderEliminar