sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Realmente, vale a pena pensar...

Bibi veio há dias dizer, numa entrevista, que tinha mentido e incriminado pessoas no processo Casa Pia, que estavam inocentes. Abstive-me de escrever sobre o assunto, mas não deixei de interrogar os meus botões sobre as razões que levaram tanta gente a confiar cegamente nas declarações incriminatórias de Bibi e a acusá-lo imediatamente de mentiroso e vendido, quando ele veio dizer que as suas primeiras declarações eram falsas.
Trago agora o assunto à colacção depois de ler um artigo de Pedro Adão e Silva no "Expresso", de que tive conhecimento aqui.
Vale realmente a pena pensar no que o autor escreve. Não apenas a propósito do caso Casa Pia, mas também de outros casos de justiça que a comunicação social mediatizou, apresentando como culpadas, pessoas que podem realmente estar inocentes.

9 comentários:

  1. Carlos
    "Vale a pena pensar".
    Sempre acreditei que neste processo havia inocentes, acusados e faltavam culpados que não foram acusados.
    Uma coisa é certa há gente que acredito estar inocente, que já pagaram demasiado caro por crimes que eventualmente não cometeram e nada lhes vai restituir esse tempo.
    Espero que pelo menos se chegue à verdade.

    ResponderEliminar
  2. Abstenho-me de comentários. É tudo muuuuito obscuro.

    ResponderEliminar
  3. Mas será que em todo este tempo o Bibi andou sempre "dopado"? Acho estranho que ele não tenha tido um único momento de lucidez. E a coacção de que foi vítima na altura, agora já não terá efeito?
    Acho isto tudo muito estranho e não percebo o motivo de uma conspiração contra aquelas pessoas.
    Agora claro que gostaria que o assunto fosse investigado a fundo e se ficasse provado de que tudo não passou de uma cabala, gostaria de ver punidas todas as pessoas envolvidas, sobretudo as falsas testemunhas, caso existam.
    É muito grave que num país, onde a credibilidade de uma vítima de agressão ou abuso sexual é practicamente nula aos olhos da Lei e do tribunal, se venham a forjar testemunhos destes, reforçando ainda mais a ideia comum de que a vítima está a mentir, ou a agir por vingança.

    ResponderEliminar
  4. Será que vale a pena, perder tempo, a pensar? Mesmo que sejam culpados acabam todos inocentes, seja neste caso ou em muitos outros.
    Até arranjam umas maleitas e uns prolongamentos para andar a apanhar sol e, em último recurso, vão para o estrangeiro... gozar uma reforma antecipada e bem choruda ;)


    Bjos

    ResponderEliminar
  5. Desta vez, a minha opinião sobre um assunto tão delicado como este, é exactamente a mesma que a da Isa GT, só quero acrescentar, que não acredito em inocentes, mesmo sendo eles homens casados, simpáticos, com mulheres e filhas lindas, o que leva a massa a comover-se e a julga-los inocentes.
    Quanto dinheiro recebeu o Bibi dos culpados para ele agora se sair
    com esta???
    Que podridão!
    Cheira mal até ao céu.

    ResponderEliminar
  6. "Vale a pena pensar"
    E é o que estou a fazer.
    Eu, como toda a gente normal, não tem qualquer interesse em culpar inocentes ou inocentar culpados.
    O que todo o país queria era a VERDADE.
    Todo o processo é muito misterioso!!!

    ResponderEliminar