quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

O Génio da Lâmpada



Em tempos, tive um colega que passava os dias a proclamar: Tive uma IGD! Tive uma IGD! Ao princípio todos nos ríamos com a bravata daquele arquitecto de leis para quem IGD significava Ideia Genial do Dia. Sabíamos que a sua IGD desaguava, inapelavelmente, numa proposta de lei estapafúrdia mas, no início, achávamos-lhe graça. e chamávamos-lhe o Génio da Lâmpada.

Lembrei-me deste meu ex-colega, porque Pedro Passos Coelho depois de um período de recato, coincidente com a campanha das presidenciais, saiu da toca e sente-se na obrigação de anunciar diariamente aos portugueses a sua propensão para Génio da Lâmpada

O grande problema é que, no afã de produzir IGD, corre o risco de se contradizer. Foi o que aconteceu com a mais recente proposta do líder laranja, no concernente à Economia Social. Duvido que PPC saiba exactamente o que está a dizer, quando fala de Economia Social, pois a proposta contradiz os princípios do seu ultraliberalismo e uma outra proposta, anterior, sobre a revisão constitucional. Se prosseguir na vertigem das suas IGD, PPC corre o risco de ficar a falar sozinho. Como aconteceu com o meu ex-colega, cuja prosápia oca e contraditória já ninguém suportava.

Fica por saber a reacção de PPC quando alguém do seu staff lhe chamar a atenção para o facto de apresentar propostas contraditórias. Será que responderá como o meu ex-colega, justificando que o facto de apresentar ideias que se contrariam umas às outras é apenas mais um sinal da sua genialidade?

2 comentários:

  1. Deixá-lo falar! Assim ninguém fica com dúvidas... do "geniozinho" que por ali anda! :)))

    ResponderEliminar
  2. E não seria ele um EPON (Especialista de Porra Nenhuma)? ::))

    ResponderEliminar