quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Memórias do 23-F

Em 23 de Fevereiro de 1981, as cúpula militares da extrema-direita tentaram derrubar a ainda débil democracia espanhola, sequestrando o Congresso. Viveram-se horas de tensão e a democracia esteve fortemente ameaçada.
Trinta anos depois, Juan Carlos recorda os acontecimentos do 23-F e não deixo de comparar o seu discurso com as palavras de enfado de Cavaco Silva em cada 25 de Abril. Também são os chefes máximos de cada país que marcam a diferença entre Portugal e Espanha...
Alguns leitores do CR não viveram esse dia. É especialmente a pensar neles que aqui deixo este link do El Mundo, onde se explica, em video, como tudo se passou.

2 comentários:

  1. alberto oliart saussol, don antonio pedrol rius (q.e.p.d.), jose manuel claver torrente, enrique múgica herzog, jose luis cortina prieto, federico quintero morente, guillermo quintana lacaci, informe jaudenes

    ResponderEliminar