domingo, 13 de fevereiro de 2011

Coisinhas de domingo


Nicola Minetti começou a ganhar a vida mostrando as suas competências na arte do table dance e da dança do varão.Exímia na arte, deve ter –se cansado ao ver o estado lastimoso das dentaduras dos homens que assistiam embasbacados às suas exibições, e decidiu tornar-se higienista oral.
Estava Nicola ainda na fase de aprendizagem quando é chamada, pela direcção da clínica onde trabalhava, para socorrer um tipo que tinha sido vítima de uma agressão em Milão, e se apresentava com o frontispício em estado lastimável. De início, Minetti não reparou que o homem a necessitar de assistência era, nada mais nada menos, que Sílvio Berlusconni. Mas, assim que percebeu, presume-se que não tenha regateado, de imediato, os seus cuidados extremosos ao primeiro ministro italiano. E de tal sorte terá sido o tratamento, que Berlusconni a convidou para integrar as listas do partido Forza Italia na Lombardia.
Noticia agora a imprensa italiana, que a senhora Minetti acumulava o seu cargo político com a função de coordenadora dos bacanais que Sílvio patrocinava nas sua mansões de Milão e da Sardenha. Competia-lhe, entre outras tarefas, arranjar umas jovens dispostas a servir de escape ao Viagra que o grupo de velhos ingeria nas festas do “bunga-bunga”.
A senhora Minetti pode não ser boa deputada, ser péssima higienista oral, mas além de ser boa relações públicas, tem os predicados que a foto demonstra, razão mais do que suficiente para justificar o protagonismo de que hoje desfruta em Itália.

8 comentários:

  1. CARLOS, esse Berlusconni é uma pia-
    da. Ele é o perfil de muitos outros
    políticos, de diversos lugares.Eles
    são um escracho, não há decência ,
    nem seriedade em nada que fazem.
    O mundo seria bem melhor se essa
    cambada não existisse.

    ResponderEliminar
  2. O mundo tem andado com uma pontaria para escolher "passarinhos manhosos" e quanto à passarinha da foto... é melhor ficar calada lol

    Bjos

    ResponderEliminar
  3. É caso para dizer que é só trampa, Carlos... É que não se aproveita nada!
    O Senhor Berlusconi é um horror (ridículo até), e as senhoras protagonistas das suas histórias, não devem ser melhores.

    ResponderEliminar
  4. Acho que não é motivo para espanto, a Cicciolina também não foi deputada? Imagino os filmes naquele parlamento!

    ResponderEliminar
  5. Viva às Nicolas deste mundo ou abaixo as Nicolas deste mundo?
    Começou a ficar na dúvida se elas é que estarão certas...

    ResponderEliminar
  6. Nicola era o café que eu frequentava em Coimbra.
    Completamente diferente.

    ResponderEliminar