terça-feira, 18 de janeiro de 2011

A honestidade de Cavaco e a inversão do ónus da prova

Se um qualquer cidadão me dissesse que, para ser mais honesto do que ele, eu teria de nascer duas vezes, o mais provável é que reagisse enfiando-lhe uma murraça nos queixos.
Com o cidadão Cavaco, porém, não posso reagir assim. Para além do dever de respeito à figura do PR, tenho de ponderar que anda rodeado de seguranças.Isso não me impede de dizer o que penso.
Em minha opinião, Cavaco é realmente sério, pois raras vezes se ri. Daí a poder concluir que é um cidadão honesto, vai uma grande distância. Só porque ele afirma que é? Por aí não vou lá…
Cavaco apresentou provas de que aquilo de que o acusam é mentira? Não. Reagiu com insultos ( disse que não respondia aos outros candidatos, mesmo quando eles são loucos) e depois remeteu-se ao silêncio.
Por outro lado, Cavaco demonstra uma falta de memória preocupante. Não se lembra a quem vendeu as acções da SLN e, imagine-se(!!!) mandou o seu staff dizer que não se recorda quando, nem onde, fez a escritura da sua casa de férias. Escritura essa que, curiosamente, desapareceu…Pode daqui inferir-se que Cavaco é desonesto? Não.
Ninguém pode acusar um cidadão de ser desonesto, ou criminoso, sem provas. O problema é que, ao recusar esclarecer todas as dúvidas e se alcandorar a “português mais honesto”, Cavaco inverteu o ónus da prova. Agora é a ele que compete provar que é mais honesto do que eu. E aí eu respondo: mais honesto do que eu, garanto que não é.
Tal como ele tem o direito de afirmar que sou menos honesto do que ele, e de garantir que é honesto porque ele próprio o diz ,também eu, até prova em contrário, tenho o direito de duvidar da honestidade do PR. Porquê? Poderia responder, utilizando a argumentação cavaquista, simplesmente "porque sim”. Não o faço. Começo por lhe lembrar a história da mulher de César e depois olho para o seu percurso e tiro as minhas conclusões.
No mínimo, o que posso garantir é que me preocupa muito a sua persistente falta de memória selectiva...
Razão, mais do que suficiente, para nunca votar nele.

8 comentários:

  1. O Cavaco Silva, cidadão honesto ou não, vai sair vencedor no próximo domingo, e a CULPA, é da Esquerda, que não se une, apresentando dois candidatos em vez de um... e a vida castiga a estupidez!!!

    ResponderEliminar
  2. Também não voto no Cavaco, seja ele honesto ou não, no sentido lato do termo. Porque promessas que não pode cumprir não são desonestidade? Enfim, aí não é o único... :p

    Questões políticas à parte (e é por essas que não voto nele), acho que o homem evidencia alguma senilidade e até esquecimentos não selectivos. No outro dia estava a discursar, que tinha gostado muito de visitar a fábrica de... de... de... (até que alguém do staff lhe bichanou: alheiras!) "Alheiras, sim, é isso!"

    Isto para não falar da história da ordenha das vacas, que dava um belo "tesourinho deprimente" se os Gatos ainda estivessem no activo... :)

    ResponderEliminar
  3. Memória curta, coitado do sr...
    Sabe, a maria só recebe 800€ de reforma e iso são coisas q tiram a memória a qq marido.

    ResponderEliminar
  4. Permita, Carlos, fazer só uma pergunta à nossa amiga ematejoca.
    Se a vida castiga a estupidez, como é que Cavaco pode ser eleito?

    ResponderEliminar
  5. Quem não vota nele sei eu bem quem é e não percebo como alguém poderá votar nele. Deve ter sido o presidente mais inútil e incapaz de que tenho memória.
    Mas tenho de concordar, em parte, com a ematejoca. Apesar de achar que tudo o que o Cavaco diz e faz transpira falsidade e inconpetência (pelo amor de Deus, o homem nem sabe falar! Um PR deveria ser um comunicador nato), também acho que a concorrência deixa muito a desejar. Parece que andam todos a dormir e que só dizem o que lhes dizem para dizer, não há garra, não há ânimo. É, enfim, uma tristeza e preocupante que, tal como o Miguel Sousa Tavares referiu, não se vejam jovens a apoiar estes candidatos.

    ResponderEliminar
  6. Por enquanto ainda pode dizer o que pensa... aproveitemos porque o assalto à Constituição... já não deve estar longe.
    Quanto a honestidade... nunca vi tantos gatos com rabos de fora ;)

    Bjos

    ResponderEliminar
  7. Mas o Carlos não sabia que o PR tinha um irmão gêmeo? Pois é, eles são dois: um é PR e o outro é candidato presidencial que, por sinal, não concorda com as atitudes do irmão. Como, por exemplo, o fato dos cortes salariais!!!!

    ResponderEliminar