domingo, 19 de dezembro de 2010

O mundo mudou mesmo... desde Hannover

Quando fazia pesquisas para um trabalho sobre o desenvolvimento sustentável e os modos de vida urbano, encontrei a Declaração de Hannover, um documento assinado em 2000 por cerca de um milhar de presidentes de municípios europeus durante a III Conferência Europeia das Cidades Sustentáveis.
Não resisti a transcrever este pequeno excerto do apelo dos munícipes inscrito na Declaração de Hannover e que, em minha opinião, traduz de forma bem explícita algumas importantes mudanças verificadas na última década. Em relação ao poder local, à ideia de construção europeia e ao conceito de desenvolvimento sustentável.

" NÓS, PRESIDENTES DE MUNICÍPIOS DA EUROPA E REGIÕES VIZINHAS REUNIDOS EM HANNOVER, APELAMOS À COMUNIDADE INTERNACIONAL PARA:

(...)
b) parar o "dumping" laboral e ambiental incorporando em acordos de comércio internacional e multilateral normas sociais e ambientais, contribuindo assim para a redução da pobreza;(c) eliminar as dívidas externas de países terceiros, através de programas de redução da dívida;
(d) encorajar maior autonomia do governo local e apoiar o desenvolvimento de políticas ambientais locais através de acordos multilaterais;
(e) proporcionar fundos adequados para as organizações financeiras internacionais para o desenvolvimento sustentável, em particular, estabelecendo um fundo para o desenvolvimento urbano sustentável no âmbito do programa "Global Environmental Facility"."

7 comentários:

  1. Parabéns pelo blog e pelos textos... Tenho um blog chamado Folhetim Cultural gostaria que visita-se este é o endereço: informativofolhetimcultural.blogspot.com
    Vamos trocar conhecimentos...
    Ass: Magno Oliveira
    Folhetim Cultural

    ResponderEliminar
  2. Carlos
    A mudança faz parte da dialectica. Agora a questão é a a qualidade dessa mudança... há muita coisa que está a funcionar ao contrário.
    E a gente vai ficar "quieta" acho que não. Um emporrão daqui e dali pode fazer alterar o rumo. temos é que querer e isso tem muita força... "mudem de rumo, mudem de rumo"...

    ResponderEliminar
  3. Carlos
    Vim agradecer sua presença lá no Prosa para desejar um Feliz Natal e, agradecendo, retribuir com meus votos de muita paz em seu coração nesta quadra do ano. Mesmo sabendo que o Natal tem para você um outro significado, ainda assim, espero que seja muito mais feliz e iluminado em seu coração...
    Obrigada, Carlos,

    ResponderEliminar
  4. Em coro: Pois!
    Minha Alma acrescentou: "Municipios ao poder!"

    ResponderEliminar
  5. Carlos...

    Ainda resta esperança?

    Beijo

    Carla

    ResponderEliminar
  6. Humpf...quando é que tudo isso vai mudar e prá melhor, héin?
    Aqui tanto falou-se durante as campanhas eleitorais e por enquanto não vimos mudança alguma.
    Já cheguei a pensar na mobilização popular como única alternativa, mas na verdade, sem a vontade política e mais ainda a econômica, de nada adianta tanta vontade!

    ResponderEliminar