terça-feira, 23 de novembro de 2010

Procura-se Tigre Celta

(Antes de recorrer à assistência médica do FMI, foi visto na companhia de Paulo Portas e Medina Carreira)
Pronto, já está! A Irlanda recorreu mesmo ao FMI dando assim razão a todos os que, durante anos, a apontaram como um exemplo a seguir por Portugal ( pausa para pigarrear).
Que terão agora a dizer Paulo Portas, o grande Medina Carreira e outros embevecidos, sobre o milagre económico da Irlanda?
Depois de ter cortado os salários dos funcionários públicos em 15 a 20 por cento, de ter aumentado os impostos e cortado nos benefícios sociais ( medidas que Medina Carreira recomendou repetidamente deveriam ser seguidas por Portugal), o Tigre Celta está ferido de morte e o povo saiu à rua para protestar com violência.
Espero que os inebriados com o “milagre irlandês” façam “mea culpa”, desçam à Terra e peçam desculpa aos portugueses por terem andado a enganá-los com os repetidos Hossanas à coragem de Brian Cowen.

6 comentários:

  1. Cada dia entendo menos e menos ...
    Começaram por nos mandar produzir mais e como se não bastassem as 24 horas do dia mandam ainda fazer horários de fim de semana.
    Depois mandam apertar o cinto...
    Isto é politica sem vergonha que nos pilha sem respeito..........

    ResponderEliminar
  2. Acho que podemos esperar sentados que eles reconheçam o dislate. Eles também são dos que não têm dúvidas e nunca se enganam, e quando porventura tal acontece, dão o dito por não dito! :s

    ResponderEliminar
  3. Nós é mais o Lince da Malcata que está em extinção...
    :))

    ResponderEliminar
  4. E o discreto namoro de Portas com Coelho... (pausa para engolir em seco)... ainda vamos acabar com o peito colado às costas.


    Bjos

    ResponderEliminar
  5. Aqui vai ser mais "Procura-se Galgo português", com a fome que nos vão fazer passar, havemos de parecer uns galgos com o estômago colado às costas.

    ResponderEliminar
  6. A Irlanda está de rastos e com língua de fora. A ver vamos se o nosso país não se extingue também.

    ResponderEliminar