quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Noite Mágica

Há muitos anos que não via uma exibição de encher o olho da selecção portuguesa. Esta noite, para além de uma vitória por 4-0 ( deveriam ter sido 5, se um gaulês vesgo não tivesse anulado um golo magistral de Cristiano Ronaldo), viu-se garra, empenho e arte.
Não me espanto se amanhã alguém vier dizer que a Espanha facilitou. Os velhos do Restelo nunca morrem. A verdade, porém, é que até ao 2-0 a Espanha lutou de igual para igual. Nenhuma selecção no mundo – especialmente sendo campeã europeia e mundial- facilita, nem aceita de bom grado ser goleada. Foi uma grande vitória. Infelizmente, foi só futebol, porque o que nós precisávamos era de onze políticos que dessem uma goleada à senhora Merkel. E já agora, por arrasto, ao senhor Sarkozy .

11 comentários:

  1. Fiquei agora a saber... estou sempre desactualizada nisto do futebol ;)


    Bjos

    ResponderEliminar
  2. Wishful thinking, Carlos! : )
    Teve um momento utópico, foi?

    ResponderEliminar
  3. Porque nãp jogam sempre assim?!

    Saudações.

    ResponderEliminar
  4. Bom pro seu lado, meu amigo.
    Cá, nós brasileiros não tivemos a mesma sorte. Los Hermanos fizeram um a zero ao final do jogo...
    Lamentável, por ser a derrota vinda de quem foi.

    Mas parabéns, Carlos. Torço incondicionalmente por Portugal, contra todas as outras nações do globo terrestre (à exceção do Brasil, claro, rsrsrs!)

    Beijos

    ResponderEliminar
  5. Até parece fácil, Carlos.
    É só não querer ser criativo.
    Vou deixar algo para si no Devaneios.
    Deixo aqui um pedido de desculpas pela deselegância.
    Cabeça no ar dá sempre mau resultado.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  6. A estas horas ainda me sinto de papo cheio! Faz tempo que não via um jogo assim, pena foi mesmo aquele golo mal anulado.

    ResponderEliminar
  7. Não vi o jogo, mas gostei da comparação final.

    Até quando a Europa será gerida por estas sanguessugas.......

    ResponderEliminar
  8. Também gostei de ver, até que enfim ;-))

    beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Foi uma noite mágica, sim senhora, no que ao futebol diz respeito.

    A Senhora Merkel não precisa de lições, Carlos; para mim está coberta de razão.

    ResponderEliminar
  10. Pelo menos não pairará mais o fantasma do Scollari.

    Olé!

    ResponderEliminar