quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Coreografias

O conclave laranja esteve reunido durante todo o dia. Presumo que o objectivo tenha sido ensaiar uma nova coreografia para apresentar aos portugueses a peça “ Perdoa-me II”, em que Pedro Passos Coelho justificará as razões que levam o PSD a abster-se na votação da proposta do OE para 2011.
Ninguém duvida que o PSD irá viabilizar o OE, porque todos sabemos que a última coisa que PPC deseja, neste momento, é ser Primeiro Ministro. A exemplo do que sucedeu noutros episódios desta curta, mas peculiar, democracia portuguesa, o PSD espera que o PS faça o trabalho sujo, espera que caia de podre e depois refastela-se no poder como um nababo. Quando as coisas começarem a cheirar a esturro, PPC segue o exemplo de Durão Barroso e pira - se…
Mas para que esta coreografia resulte, PPC vai apresentar algumas exigências a Sócrates. E aí, é que as contas podem sair furadas, porque Sócrates também encenou o seu número. Seaceitar algumas das exigências laranjas, das duas uma: ou carregou nas cores negras do OE, para dar margem a um recuo e está disposto a ir à luta á para o Verão, quando Cavaco dissolver a AR, ou também ele está ansioso por se ir embora e, nesse caso, manter-se-á intransigente, bate com a porta e lança o ónus da crise sobre PPC.
Lá para o Verão, saberemos se os portugueses preferem a coreografia laranja, ou continuam a apostar na rosa.

7 comentários:

  1. Só não assino por baixo para não ser acusada, correctamente, de roubo de direitos autorais, rrss

    As minhas saudações.

    ResponderEliminar
  2. Caro Carlos,

    Sem o medo que a São refere assino por baixo.

    Outra coisa: lembra-se da minha tese de há muito que a moeda de troca para passar o orçamento seria a aceitação por parte do PS de determinadas exigências quanto às alterações da Constituição? Vamos ver...

    Abraço

    ResponderEliminar
  3. Carlos,
    Essa característica de deixar cair de podre o adversário vale para os dois partidos.
    Nenhum conquista o poder.
    A rosa apodrece e dá lugar à laranja.
    Que, por sua vez, há-de apodrecer para dar lugar à rosa.
    The circle of life...

    ResponderEliminar
  4. "É preciso mudar alguma para que tudo fique na mesma".Infelizmente.

    ResponderEliminar
  5. Carlos, eu gosto de meninas muito mal-portadas!!!

    Quanto à Manuela, também eu assino por baixo.

    As minhas saudações outonais.

    ResponderEliminar
  6. E depois, quando estão no poder, é tudo farinha do mesmo saco.

    ResponderEliminar