quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Copos de vinho e pãezinhos sem sal


Já todos mofámos de e-mails alertando-nos para determinados riscos para a saúde, decorrentes de certas práticas alimentares. Já todos rimos com mails que nos perguntam como terão sobrevivido os nosso avós, arrostando contra os perigos para que hoje nos alertam permanentemente.
Chegou a altura de nos persignarmos perante algumas incoerências da segurança alimentar. Alguém me explica, por exemplo, qual a razão de ter sido imposto um limite para o sal no pão e ter sido permitida novamente a venda de vinho a copo, favorecendo a gula dos mixordeiros e aumentando desmesuradamente os lucros da restauração? E por que razão voltaram os galheteiros às mesas dos restaurantes, depois de uma enorme campanha contra a sua utilização? Há aqui qualquer coisa que não bate certo...
"É a economia, estúpido!" -ouço alguns leitores vozear ao longe

9 comentários:

  1. Carlos

    Este é um assunto que mexe comigo. Não não é o que parece, mas deixo-lhe só um exemplo.
    Se gostar de vinho (eu gosto e muito)
    Se se dirigir a um estabelecimento e comprar uma caixa com 6 garrafas do seu preferido, paga 21% de iva. Se no local comprar rigorosamente o mesmo vinho (rigorosamente igual) engarrafado num pacote (tem um nome esquisitito) paga 6% de iva.
    Coisas esquisitas,Neh!

    Chamo o nosso querido amigo Rogério Pereira a testemunhar o que acabo de afirmar, com devido pedido de desculpas... mas foi ele que disse publicamente que usa aqueles "garrafões" esquisitos.

    ResponderEliminar
  2. a regulação do sal do pão serviu para salvar os portugueses de graves problemas de saúde...

    No fundo, seremos felizes, viveremos mais, dizem eles, mas sem gosto.

    ResponderEliminar
  3. Porquê só no pão?
    E os restantes alimentos, os enlatados por exemplo já não fazem mal à saúde?

    ResponderEliminar
  4. Do que tenho realmente pena e que haja sempre quem continue a enviar esses mails sobre a alimentação saudável e afins! Alguns com babas! :S

    Esta história de se armarem em zeladores da nossa saúde sempre me pareceu ter água no bico. No caso, é mais vinho... :D

    ResponderEliminar
  5. E quem é que manda no planeta???
    O din din, né?
    Mas falando em saúde, já conheci gente que seguia uma dieta rigorosamente sadia e que infelizmente nos deixou prematuramente.
    Não acho que seja isso, como o sal por exemplo, que determine a duração da nossa vida.Eu tinha uma avó postiça que era diabética, adorava torresmos e sempre que podia comia um docinho.Viveu até os 86 anos extremamente feliz...e afinal eu acho que é isso que importa, por mais que duvidem os mais céticos!

    ResponderEliminar
  6. Results will in all probability be shown if used 30 minutes every day.



    Here is my web blog :: flex belt review

    ResponderEliminar
  7. A chiropractor does a terrific deal additional than "crack your again".

    Electrical muscle stimulation is used to make the muscles deal.


    my homepage ... http://phonereplica.info

    ResponderEliminar