quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Os glutões desmascarados

Já aqui critiquei várias vezes a DECO pelo marketing agressivo que pratica na divulgação das suas publicações. No entanto, é justo dizer que quando se trata de defender os interesses e direitos dos consumidores, a DECO vai à luta e consegue obter alguns frutos. Como aconteceu agora, ao denunciar as práticas de alguns bancos que "jogam" na falta de informação do consumidor para garantir para os lesar.

Alertada por alguns consumidores sobre as cláusulas abusivas incluídas nos contratos de crédito à habitação, que salvaguardam a possibilidade de aumentar as taxas de juro, unilateralmente, bastando-lhes invocar alterações da conjuntura económica, a DECO denunciou a situação ao Banco de Portugalque promete agir.

Poder-se-á lamentar o facto de ter sido necessário uma associação de defesa dos consumidores alertar a Entidade Reguladora, para que esta reagisse. Haveria, porventura, outras entidades que o deviam ter feito se não andassem a dormir, mas o importante é realçar que a DECO cumpriu bem o seu papel de informar e defender os consumidores.

3 comentários:

  1. Se não fosse a Deco, aí estavm eles, os "bancopiros"acomer tudo.

    ResponderEliminar
  2. Ainda há pouco tempo fui ao banco, porque tinha lá um seguro (outros glutões) de danos materiais provocados por criança - que fizémos quando o filhote era pequeno - que continuavam a cobrar ad eternum, mesmo ele já tendo 18 anos e, obviamente, sem poder beneficiar dele, caso acontecesse algum azar do género...

    E a funcionária bancária só encolheu os ombros, como se fosse normal continuar a cobrar um seguro que já não corresponde ao que é segurado... Cambada!

    ResponderEliminar
  3. Eu tenho a mesma opinião sobre a Deco...detesto o modo como se promovem, mas que se mexem, mexem mesmo quando é necessário...

    ResponderEliminar