segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Contos do Gin Tónico

Revolvo os livros do meu baú, escolhendo alguns que quero levar comigo. Entre algumas relíquias esquecidas fui lá encontrar os "Contos do Gin Tónico" do Mário Henrique Leiria (editado em 1973) .Uma preciosidade. Ao reler alguns dos contos veio-me à memória o Mário Viegas a dizê-los numa noite inesquecível em Macau. Não consegui separar a leitura da sonoridade e da plástica que ele emprestava aos textos. Um autêntico dois em um!
Já agora, aqui ficam três exemplos para recordar quem os leu e aguçar o apetite a quem os desconhece!...

TORAH
Jeová achou que era altura de pôr as coisas no seu devido lugar. Lá de cima acenou a Moisés. Moisés foi logo, tropeçando por vezes nas lajes e evitando o mais possível a sarça ardente. Quando chegou ao cimo, tiveram os dois uma conferência, cimeira, claro. A primeira, se não estou em erro. No dia seguinte Moisés desceu. Trazia umas tábuas debaixo do braço. Eram a Lei. Olhou em volta, viu o seu povo aglomerado, atento, e disse para todos os que estavam à espera:
- Está aqui tudo escrito. Tudo. É assim mesmo e não há qualquer dúvida. Quem não quiser, que se vá embora. Já. Alguns foram. Então começou o serviço militar obrigatório e fez-se o primeiro discurso patriótico. Depois disso, é o que se vê.

NOIVADO
Estendeu os braços carinhosamente e avançou, de mãos abertas e cheias deternura.
- És tu Ernesto, meu amor?
Não era. Era o Bernardo.Isso não os impediu de terem muitos meninos e não serem felizes.É o que faz a miopia.

ÚLTIMA TENTAÇÃO
E então ela quis tentá-lo definitivamente. Olhou bem em volta, com extrema atenção. Mas só conseguiu encontrar uma pêra pequenina e pálida. Ficaram os dois numa desesperante frustração. Não há dúvida que o Paraíso está a tornar-se cada vez mais chato!

4 comentários:

  1. Não conheço esta obra!
    Mas conheci muito bem Mário Viegas, foi meu colega no Liceu Sá da Bandeira, em Santarém!
    Outro que partiu demasiado cedo e que tanto enriqueceu a nossa cultura...

    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Excelente!
    Já agora:

    «EXAGEROS
    O Alfredo atirou o jornal ao chão, irritadíssimo, e virou-se para mim:
    - Estes jornalistas! Passam a vida a inventar coisas, é o que te digo. Então não afirmam que, no Sardoal, foi encontrado um frango com três pernas! Vê lá tu! É preciso ter descaramento.
    Ajeitou-se melhor no sofá e, realmente indignado, coçou a tromba com a pata do meio.»

    ResponderEliminar
  3. Aguçou o apetite :)
    (penso que terei o livro por o ter comprado numa FL, mas vou ter de o procurar...)

    ResponderEliminar
  4. não conhecia, mas gostei de tudo o que li até agora.Intemporal!

    ResponderEliminar