segunda-feira, 31 de maio de 2010

Sondagens

Pedro Passos Coelho dizia, ainda há dias, que era preciso deixar o governo governar. Os seus apoiantes na blogosfera apoiavam as suas palavras, porque admitiam que seria melhor deixar Sócrates cair de podre e aproveitar a boa onda pós pico da crise para começar a reclamar eleições.

De repente, tudo mudou. Bastou uma semana de sucessivos revezes para o governo e a publicação de uma sondagem, para os seus apoiantes saírem das tocas e começarem a agitar a ideia de eleições antecipadas. Atraídos pelo cheiro a sangue e inebriados pela oportunidade de finalmente ascenderem aos tachitos, já não querem esperar.
PPC parece querer acalmar as hostes e não entrar em euforias. Há um pormenor que pode precipitar eleições antecipadas. Cavaco Silva tem a imagem fragilizada depois da decisão de não vetar a Lei do casamento entre pessoas do mesmo sexo e precisa do apoio inequívoco do PSD, depois das críticas que lhe foram feitas por D. José Policarpo.
Se Passos Coelho lhe garantir o apoio incondicional, em troca de eleições antecipadas, Cavaco recorrerá à "bomba atómica". Resta saber se antes, ou depois de ser reeleito.
O futuro de Sócrates depende, pois, de uma aliança Cavaco/Passos Coelho, ainda há pouco tempo declaradamente inimigos.
Como os resultados de uma sondagem podem mudar tudo...

6 comentários:

  1. Caro Carlos

    Aquela imagem do pontapé no trazeiro na dança do tango antecipava isto, como era de prever.
    Abraço

    ResponderEliminar
  2. http://devaneiosaoriente.blogspot.com/2010/05/o-ps-de-socrates-apoia-alegre-o-ps-de.html

    ResponderEliminar
  3. Meu amigo, já Darwin dizia:
    "Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta às mudanças"
    Boa semana!
    beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Não acredito que seja antes das eleições presidenciais.
    A Passos Coelho não lhe interessa chegar ao poder e manter as mesmas restrições, o que terá de fazer, obrigatoriamente.
    A nós país também não. A factura a pagar em juros seria desastrosa.
    Nos finais de 2011 é natural que aconteçam eleições antecipadas.

    ResponderEliminar
  5. O cidadão-eleitor Tuga que responde a sondagens e depois vota é um "colaboracionista" indispensável...

    ResponderEliminar
  6. E depende muito de quem faz as sondagens...
    Abracinho

    ResponderEliminar