sábado, 24 de abril de 2010

Esta noite a Liberdade

Há 36 anos, por esta hora, os capitães de Abril ultimavam os preparativos para a Revolução que nos restituiu a Liberdade. Estarei eternamente grato a esses homens, especialmente a esse eternamente esquecido capitão Salgueiro Maia. Poderíamos ( e merecíamos) estar melhor e ter melhores governantes, mas também todos tínhamos a obrigação de ser melhores pessoas.

Ao 25 de Abril estão ligadas diversas canções. Sugiro-vos uma visita aos blogs A Carta a Garcia e Abril, Abril, que ao longo deste mês nos têm recordado algumas das mais belas canções daquela época em que tivemos o direito ao sonho e alcançámos a Liberdade.

( volto pouco depois da meia noite, para vos falar do meu 25 de Abril)

2 comentários:

  1. 25 de Abril? Pois esta data lembra-me que nessa altura eu era uma parola que nao percebi nada de politica nem do que se estava a passar. po vezes tenho saudades do antes do 25 de Abril da altura em que os professores eram estimados, honrados e acarinhados. lembro-me do respeito na família na educação e na partilha. lembro-me também o esforço de todos na família para que nada faltasse. enfim , saudosista? um pouco e porque não? bem este blogue já tem muito seguidores mas vou seguir de perto as andanças e voltarei cá para deixar as opiniões se me for permitido.kis :)

    ResponderEliminar
  2. E, também um bocadinho atrasados, já há foguetes no ar!!! :)))

    Claro que a maioria está agradecida a Salgueiro Maia e aos restantes capitães! E quem não está, é porque não sabe como eram os "bons" velhos tempos!

    25 de Abril, hoje e SEMPRE!

    ResponderEliminar