terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Sem vergonha!


(imagem roubada aqui, com a devida vénia)
Não me faltam temas, nem ideias para escrever mas, depois de ler isto, falta-me a vontade. Podem chamar-me o que quiserem, mas temos os empresários mais egoístas, exploradores e subsidiodependentes de todo o espaço europeu. Passam a vida a vociferar contra o Estado, mas penduram-se nele, até para pagar o salário mínimo. Depois brincam à caridadezinha, prometendo dar uma ínfima percentagem do preço dos produtos que vendem, a instituições. Corja de hipócritas!
Eu sei que há excepções, mas apenas confirmam a regra.

5 comentários:

  1. ai ai !!! o egoísmo a hipocrisia e a estupidez !!!! e sufocante ! socorro !!

    bj
    e bem vindo :) aqui também está frio brbrbrbrbr

    teresa

    ResponderEliminar
  2. Não chamaria a isso salário mínimo, mas mínimo salário, esmola...

    ResponderEliminar
  3. Às vezes penso que era preciso aí um qualquer revolucionário sem pesos na consciência ...

    ResponderEliminar
  4. Mas isso é uma fortuna. Tira a inspiração a qualquer um.
    E a expiração também.
    Ou seja, é uma total falta de ar.
    Veludinhos

    ResponderEliminar