quinta-feira, 1 de maio de 2008

Pepe e o talismã das medialunas

Estou nas minhas sete quintas. Um dia só para mim, sem agenda, que me vai permitir o deleite da (re)descoberta dos espaços.
Levantei-me tarde e fui tomar o pequeno almoço com o meu amigo Pepe, um galego septuagenário, proprietário de um pequeno hotel onde me acolhi, quando decidi prolongar a estadia em Buenos Aires para além do previsto, na primeira visita à Argentina. Nessa época, a vida por aqui era muito cara para um europeu e, muito mais, para um português. Por isso,um hotel na Av de Mayo a preços baixos foi um autêntico achado. Foi lá, à conversa com um casal italiano, que decidi não regressar a Portugal e partir à descoberta da Argentina.
Quando venho a Buenos Aires, não dispenso um pequeno almoço com Pepe. Aproveito para dois dedos de conversa, comer as melhores medialunas de Buenos Aires, ouvi-lo dizer que é este ano que vai regressar à Galiza, ( repete essa promessa há mais de 3o anos, dizem-me uns amigos) e meter-me com ele pela sua sovinice de escocês.
Não sei se por hábito, ou superstição, no dia de regressar a Portugal vou sempre despedir-me dele. Entrega-me um cartão com a sua morada na Galiza e diz-me:
"Quando vuelvas acá yo estaré en Galícia. Si quieres medialunas, vá a visitarme aya, coño!"
Esta frase funciona para mim como um talismã. No dia em que Pepe não a pronunciar, creio que isso vai significar que não voltarei à Argentina. Que tenhas longa vida, coño!

4 comentários:

  1. Olá!
    Após ver a mensagem deixada no meu blogue decidi passar pel' O Rochedo. Escusado será dizer que já cá voltei, em busca de mais posts, e que o continuarei a fazer com regularidade!

    :)

    Formiguita Bipolar

    ResponderEliminar
  2. Y en Galicia se come muy bien.

    A mi me encanta Galícia y los gallegos.

    ResponderEliminar
  3. São sempre pequenos episódios ou encontros que revolucionam a nossa vida.

    ResponderEliminar
  4. Formiguita: espero que se torne assídua. seja bemvinda!

    Patti: A mi me encanta Galícia, Cantabria, Euskadi, Cataluña y la costa mediterranea...

    Maloud: e às vezes também os desencontros...

    ResponderEliminar