sexta-feira, 11 de abril de 2008

O passo em falso de Fernanda Câncio

Gosto imenso da Fernanda Câncio e considero-a uma grande jornalista. Por isso mesmo escrevi isto quando o sr. Branquinho e toda a trupe laranja a quis denegrir com acusações torpes, descabeladas, insolentes e rascas, próprias de uma quadrilha de mafiosos, mas não de um partido político que pretende ser governo. Deixei também um comentário no 5 dias ( que por razões que agora não interessam me proporcionou uma das maiores alegrias dos últimos tempos) sobre o assunto. Estou por isso à vontade para agora poder exprimir a minha opinião sobre o artigo que hoje escreve no DN em defesa própria.

Penso que a FC fez mal, por três razões: em primeiro lugar porque há gentalha para quem a melhor resposta é o silêncio; depois, porque poderia ter utilizado o seu blog para o fazer; finalmente, porque ( diz-me a experiência) quando um jornalista utiliza o meio de comunicação onde trabalha para se defender de ataques externos que não tenham a ver com os trabalhos que publica, está de certo modo a dar o flanco.

Desculpe que lhe diga, Fernanda, mas penso que deu a um javardo uma oportunidade para rechaçar a onda de críticas que em toda a blogoesfera- e na imprensa em geral - lhe têm sido dirigidas pela atitude cobarde que protagonizou. O Branquinho não merecia mais do que o desprezo do seu silêncio.

Adenda: obviamente que não está em causa o artigo da FC, que achei excelente...

2 comentários:

  1. O artigo da Fernanda vai ser o pretexto para uns posts miseráveis. Como ela não é ingénua, presumo que tenha ponderado esta hipótese.

    ResponderEliminar
  2. Essa também é a minha opinião. Aliás basta ver a caixa de comentários do 5 dias hoje ( e não só...) para se perceber que anda por aí uma fauna tão asquerosa como o Branquinho, que se revê naquela javardice toda.

    ResponderEliminar