quinta-feira, 16 de agosto de 2018

I say a little prayer



Há vozes que nunca esquecerei, mas a de Aretha Franklin é incomparável e estará sempre acima de qualquer outra. 
Não tenho palavras para definir Aretha Franklin. Ela não era excepcional, nem fora de série. Era simplesmente ÚNICA. Ao longo da carreira colecionou tantos êxitos, esteve tantas vezes nos tops, que poderia estar aqui um mês a  recordar os seus sucessos.
Num inquérito realizado pela Rolling Stone, para escolher as 100 melhores vozes do século XX, Aretha Franklin ficou em primeiro lugar.
Se foi "Respect" que me deu a conhecer Aretha, canções como "I say a Little Prayer" , "(You Make me feel) Like a natural Woman" ou "Spanish Harlem"ainda hoje me provocam fortes arritmias.
Obrigado, Rainha, pelos bons momentos que me proporcionaste com as tuas canções. 
Tonight, "I say a Little Prayer for you". RIP

Feios, Porcos e Maus



Em Vila Praia de Âncora (Caminha), 5 automóveis, estacionados em zona proibida, foram arrastados para o mar. No local, reservado a embarcações, estavam estacionadas cerca de 100 viaturas.
Depois do incidente, a GNR multou 98 condutores. (Obviamente que, mantendo a tradição, só uma ínfima parte destas multas será paga). 
Leio  a notícia e não sei se deva ser mais assertivo na crítica à  tradicional falta de civismo destes tugas, ou à passividade das autoridades que só começaram a multar os condutores depois de as cinco viaturas terem sido apanhadas pela água do mar. Sei é que  se tivesse havido necessidade de socorrer alguém em dificuldades no mar, não seria possível movimentar uma embarcação.
Poderia tratar-se de um caso isolado, mas todos sabemos que não é. Tornou-se normal cada condutor estacionar onde lhe apetece ou mais lhe convém, perante a complacência das autoridades. Tornou-se hábito, neste pais de Brandos Costumes, acusar as autoridades de uso excessivo do poder e tolerar todo o tipo de comportamentos anti-sociais, impróprios de seres humanos e mais adequado a muares.
Se é  esta a Liberdade que o povo deste país pretende, PASSO. A minha noção de Liberdade não contempla egoísmo, falta de civismo, nem comportamentos selvagens. E a minha noção de Democracia assenta no respeito pelo outro e pelas regras socialmente estabelecidas, coisa que este povo de ignaros mesquinhos, obnubilado pelo consumismo acéfalo, rejeita. 

AVISO:Problemas de saúde têm-me afastado da Net. Gostaria de ter vindo aqui dar sinal de vida com um post menos agressivo mas, sinceramente, cada vez tenho menos pachorra para aturar  selvagens deste jaez. Fiquem bem