sexta-feira, 11 de maio de 2018

20 anos depois



Amanhã, sábado, após o jogo em Guimarães, o FC do Porto será recebido na Câmara do Porto.  Os adeptos portistas vão finalmente poder voltar a celebrar o título com a equipa, no local apropriado. Só a cegueira de Rui Rio e a falta de ligação à cidade,  impediu  que os portistas comemorassem as conquistas nacionais, europeias  e mundiais no coração da cidade.
Com Rui Moreira, portista e portuense confesso, o FC do Porto regressa a um local onde  não vai desde 1999.
Será, certamente, uma noite de festa memorável que, infelizmente, serei obrigado a seguir pela televisão.

Tiro ao boneco

"Quando um tipo está caído, todos os cães lhe mijam em cima"
Quando, depois de tantos anos de silêncio, vejo este tiro ao boneco com sabor a requentado, só consigo pronunciar uma palavra: COBARDES

Sobre os oráculos. Read my lips ( actualização)



Só hoje tive oportunidade de ler a segunda parte da entrevista de Marcelo à RR e Público Ainda bem que o fiz, pois pude confirmar  o que já há muito   suspeitava: O que  muita gente retém das entrevistas não é aquilo que os entrevistados disseram, mas sim o que jornalistas e comentadores  dizem que eles disseram. 
Na verdade, o que eu li no "Público" sobre a posição do PR face aos incêndios, por exemplo, nada tem a ver com o que foi "interpretado" por comentadores e alguns jornalistas. 
 MRS até reconhece o trabalho feito pelo governo e admite que será difícil não haver mais incêndios de grandes proporções nos próximos anos. 
Concluo, portanto,  que a partir de agora, não vale a pena comprar jornais para ler uma entrevista. O melhor é esperar que comentadores e jornalistas interpretem as palavras do entrevistado.
Já não há pachorra para estes profissionais dos oráculos. Sinto falta dos jornalistas. Mas, já agora, não me coibo de fazer a minha interpretação. Então aqui vai:
A entrevista de MRS não é um conjunto de recados a António Costa, mas sim uma série de avisos à esquerda.
Por exemplo: se não aprovarem o OE 2019, eu convoco eleições antecipadas e vocês vão mesmo ter de engolir o Bloco Central. Ou mesmo um governo PSD/ CDS
E porque é que faço esta interpretação?  Porque me apetece e me dá jeito.  Ou seja, uma interpretação com bases tão " científicas"  como as de alguns jornalistas e  comentadores encartados.