terça-feira, 6 de março de 2018

Memórias em vinil ( edição especial)

"É o bicho, é o bicho"- cantava Iran Costa.
Ninguém sabia a que bicho ele se referia. Até que hoje ficamos a saber que... e- toupeira

Oceanário de Lisboa em reboliço




Peixes, bivalves, moluscos, cefalópedes e outros animais aquáticos não identificados, reuniram-se em AG no Oceanário de Lisboa, para discutirem as medidas a tomar em protesto contra a atribuição do Óscar de Melhor Filme a "A Forma da Água".
No comunicado enviado às redacções, os habitantes do Oceanário protestam contra o facto de a Academia ter atribuído o galardão  a um filme em que uma mulher  mantém relações sexuais com um peixe.
" Isto é uma perversão intolerável!"- disse um peixe martelo aos jornalistas aglomerados junto do aquário onde Amália e Eusébio vivem um romance de amor.
"Se a justiça não actuar, saberemos responder em conformidade, denunciando a situação  ao Tribunal Europeu dos Direitos dos Animais" - garantiu também um polvo que acabou de assinar um contrato com a FIFA para adivinhar os resultados dos jogos do Mundial de Futebol que se inicia em Junho
Já os peixes tropicais assinaram um comunicado conjunto onde se demarcam dos restantes animais do Oceanário, porque o comunicado não faz uma crítica ao peixe-porco que vive na Casa Branca
O CR sabe que os animais do Oceanário vão apresentar queixa à Comissão Para a Igualdade de Género, exigir à RTP que faça um Prós e Contras sobre o assédio sexual aos animais  marinhos e pedir uma audiência à PGR.
Foi também lançada uma petição contra o assédio sexual aos animais marinhos praticado por humanos, mas a Tartaruga Marinha não assinou, porque anseia vir a ser assediada pelo sapo Cocas.

Ser amigo dos animais é...

Proibir que sejam torturados em touradas e espectáculos afins, para gáudio dos seres humanos;
É não manter aves aprisionadas em gaiolas;
É não manter animais em cativeiro;
É punir severamente quem viola as regras das condições de transporte de animais para abate;
Ser amigo dos animais é, por fim, não comer os seus cadáveres.

É para isto que pago impostos?

Não é surpreendente que alguém se tenha lembrado de convidar Pedro Passos Coelho para dar aulas numa universidade.  Há sempre gente disposta a fazer uns favores, à espera de recompensa no futuro.É o bloco central a funcionar no seu esplendor. Toda a gente sabe que o ensino universitário funciona assim há anos e não irá mudar a curto prazo.
O que é  verdadeiramente chocante é haver alguém a dirigir uma universidade que se marimbe para o facto de integrar no corpo docente uma pessoa sem quaisquer qualificações académicas, visivelmente inapta para a docência e, ainda por cima, convidá-lo como catedrático, ultrapassando as regras do bom senso e da decência, já que PPC será equiparado a catedrático.
O "curriculum" moral do ex-primeiro ministro desaconselharia a sua escolha e, quanto a curriculo académico, simplesmente não tem.
Mais grave é que o convite foi feito por uma universidade pública (cujo reitor foi candidato pelo PSD) e PPC irá "ensinar" Administração Pública. Se fosse uma universidade privada, compreendia-se, mas sabendo-se que PPC esteve durante 5 anos a destruir a Administração Pública, não é admissível que seja uma universidade do Estado a pedir-lhe que ensine aos alunos como destruir a Administração Pública. 
Eu sou obrigado a pagar, com os meus impostos, o salário de um gajo que vai ensinar os alunos a destruir o Estado? 
Infelizmente sou porque, mais uma vez, o Bloco Central ( pela voz de Sérgio Sousa Pinto) saiu em defesa desta escolha bizarra do ISCSP. Afinal, António José Seguro também lecciona naquela universidade, pelo que poderá refazer com Coelho a aliança centrista que patrocinou enquanto foi lider do PS.