terça-feira, 29 de maio de 2018

Oportunistas de m....!

É tudo o que se me oferece dizer ao PCP, face à posição relativamente à eutanásia.
Resta-me pouco tempo de vida mas, mesmo que ainda tivesse muito, nunca mais votaria no PCP, nem  para os órgãos sociais de uma associação recreativa.
Vão meter-se na vossa vida, mas não na minha,seus c.....

19 comentários:

  1. A eutanásia ainda assusta muitos portugueses.

    ResponderEliminar
  2. A morte clinicamente assistida foi legaliza no Canadá em 2016.
    Nem todos os médicos concordam com esta prática. Os que não aceitam a lei são aconselhados pelo Colégio Médico a redirecionar os seus pacientes para médicos que concordam com a morte assistida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso mesmo que eu defendo, Catarina. Nenhum médico pode ser obrigado a violar a sua consciência. Do mesmo modo, qualquer ser humano deve ter o direito a dispôr da sua vida.

      Eliminar
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não gostei da sua resposta. Já lhe expliquei mais de uma vez que gosto de escrever assim para brincar consigo, mas o Carlos não entende o meu ácido espírito de humor. Então prefiro ficar calada., e que guarde as forças para falar com os que lhe dizem amén. Até hoje só me arrependo do que não fiz. Como sou muito vaidosa gosto de pensar como este senhor que levou com um tiro nos cornos. E o pior é que não serviu para nada. Hoje estão pior do que nunca:
      "SE VOCÊ AGIR SEMPRE COM DIGNIDADE, TALVEZ NÃO CONSIGA MUDAR O MUNDO, MAS SERÁ UM CANALHA A MENOS" JFK Abraço.

      Eliminar
  4. Também não estou muito contente com eles mas digo-lhe que a sua disposição em não votar nunca mais no PCP nem para órgãos autárquicos ou associações, também me parece um bocado reaça. Para não dizer vingativa. O que só lhe fica mal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vingativa não é, Bea. Apenas a constatação de que andei a ser enganado. E concordo consigo. A minha reacção foi manifestamente exagerada. Continuarei a diferneciar as pessoas dos partidos.

      Eliminar
  5. O que me pasma é, que o partido político português / PCP, pelo qual tenho uma certa simpatia, veja a eutanásia — assunto que merece ser discutido e elaborado — quase pelo mesmo prisma do vosso ex-presidente.

    Ainda fiquei mais pasmada com o Bloco de Esquerda: A favor: 104; Contra: 117; Abstenções: 8.

    Num cartaz nas mãos de jovens:
    "Por favor, não matem os vélhinhos"
    As habituais parvoíces de gente de boa-vontade.

    Afirmo o que disse no meu comentário lá em cima:
    A eutanásia ainda assusta muitos portugueses.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tudo o que é novo assusta os portugueses, Teresa. A única coisa que preocupa os tugas é o seu bem estar pessoal. Os portugueses mudam de opinião de acordo com as circunstâncias do momento. Não têm massa crítica, são analfabetos funcionais e literais, mas quando o problema lhes bate à porta arranjam sempre uma explicação peculiar para o seu caso. Conheço várias mulheres que fizeram sempre campanha contra o aborto mas, elas próprias, ou as suas filhas, foram a Espanha abortar . Hipócritas!

      Eliminar
    2. E não quer que eu me meta consigo?! O Carlos só conhece gente rica. Eu nunca fui a nenhum desses lugares nem precisei de acompanhar ninguém, mas o que mais havia por aqui erma lugares para esse efeito. E não eram só de vão de escada. Havia até clínicas famosas. seja como for não pode esquecer as sus origens burguesas, mas olhe que o graveto algarvio a que se referiu, não subiu a pulso. Tinha um pai mini-latifundiário e explorava os seus trabalhadores, e por mais mal que diga dele nunca conseguirá dizer mais do que eu, porque foi o pior que nos aconteceu depois de Abril, esquecendo o PREC, mas este até se justificaria, se não tivesse sido orquestrado, por quem estava já muito bem preparado e a maioria eram todos burgueses, bem-falantes, de famílias ricas que até mandavam os filhos estudar para a Europa e para fugirem à tropa, enquanto os emigrantes pobres, mandavam para cá todo o tostão que ganhava, com sabor a sal, mas que davam para equilibrar a Balança de Pagamentos. esses eu nunca deixarei de respeitar.

      Eliminar
  6. Os projectos de lei foram apresentados à pressa, Carlos.
    Deu asneira.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. À pressa. Pedro? O próprio MRS reconheceu que o debate sobrea eutanásia foi dos mais alargados que já se fez no pais...

      Eliminar
  7. Respostas
    1. Não é um problema de entendimento, Daniela. É de convicções... por vezes com pés de barro

      Eliminar
  8. Nem parece coisa de um partido político que se diz tão evoluído!

    Um abraço, Carlos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O PCP não é nada evoluído, António. Em certas matérias é tão ou mais conservador do que o CDS. Digo-lho com a experiência de quem viveu alguns anos com uma acérrima militante comunista

      Eliminar