quarta-feira, 2 de maio de 2018

O desporto educa?

Depois das cenas de pugilato protagonizada pelos alunos da UTAD, na final do torneio de futebol universitário, assistimos no último fim de semana a cenas de violência no campo e nas bancadas, durante a meia final do campeonato de râguebi entre Agronomia e Direito.
No meu tempo, dizia-se que o desporto, além de ser bom para o corpo, era uma escola de aprendizagem cívica e promovia a convivência social.
O que mudou?

2 comentários:

  1. Penso que nada, a não ser o mediatismo e a facilidade de difusão de qualquer acontecimento em qualquer lugar.

    Nos meus tempos de estudante, havia jogos tão disputados e rivalidades tão acesas que de vez enquanto se passavam os limites e havia cenas de pugilato e de mau perder.

    No entanto, a maioria aproveitava para confraternizar, criavam-se boas amizades e havia fair-play, tal como agora.

    Há uns 50 anos, ninguém sabia o que se passava fora de Lisboa, Porto e grandes cidades, hoje toda a gente sabe o que se passa na Amareleja ou na Ribeira de Matacães, basta um post no facebook ou um video no youtube.

    Perdeu-se o encanto que a imaginação deixava dos acontecimentos relatos,por vezes dias ou semanas depois, para a crueza muitas vezes pornográfica das imagens explicitas.

    ResponderEliminar
  2. Nada, Carlos.
    Era raro o jogo de rugby da Académica que não acabava ao estalo.
    E depois ia tudo para os copos.

    ResponderEliminar