segunda-feira, 7 de maio de 2018

Filha de peixe sabe nadar

Clara Marques Mendes ( na foto) é uma das deputadas que declarou  viver fora de Lisboa para receber o subsídio de deslocação e ajudas de custo.
Diga-se, em abono da verdade, que a atribuição desta regalia não é ilegal, nem injusta, quando os deputados mantêm a residência familiar fora de Lisboa e se deslocam todas as semanas a Lisboa para os trabalhos parlamentares. 
Situação diferente é quando os deputados têm casa própria e vivem com a família em Lisboa. Como é o caso de Clara Marques Mendes.

4 comentários:

  1. Isto em dose dupla dói que se farta.
    Ontem, o pai na SIC Notícias com a sua bola de cristal. Hoje, esta encomenda dita Clara com aldrabice à mistura.
    Não, Carlos, não pode ser.
    Boa semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O pai já só vejo muito raramente, António. Não tenho pachorra.
      Abraço e boa semana

      Eliminar
  2. Escrevo acerca deste tema hoje.
    E não sou simpático.
    São tão pequeninos, tão miudinhos, tão poucochinhos!

    ResponderEliminar
  3. Já vou ler, Pedro. Entretanto, a RTP divulgou hoje o nome de 6 deputados que deram uma morada no Parlamento e outra no Tribunal Constitucional. Não sei como classificar este comportamento...

    ResponderEliminar