quinta-feira, 12 de abril de 2018

Se Buffon jogasse em Portugal...



Buffon ficou indignado porque o árbitro marcou um penalty ( no mínimo muito duvidoso) a favor do Real Madrid aos 90+ 3 minutos. Excedeu-se nos protestos e foi expulso.
Compreendo muito bem a indignação do guarda redes da Juventus mas se Buffon jogasse em Portugal, já estaria habituado. Sempre que o SLB não consegue vencer nos 90 minutos, os árbitros  marcam um penalty a favor dos encarnados. E se alguma equipa se atreve a marcar um golo aos encarnados, adiantando-se no marcador, ou restabelecendo  a igualdade, os árbitros anulam  o golo.
Uma destas duas situações aconteceu em 7 dos 29 jogos disputados pelo Benfica este ano na Liga Portuguesa, por isso, Buffon já estaria habituado e saberia o que é "colinho"

13 comentários:

  1. Se o gajo
    jogasse aqui
    vazia-se
    cá ski

    (ó Carlos, se a minha Teresa diz que foi penálti, diga lá como é a que a convenço do contrário... sem falar do SLB, claro)

    ResponderEliminar
  2. Foi penálti, Carlos.
    Aquele abraço, bfds

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Continuo a ter dúvidas, Pedro. Mas não me repugna que o árbitro tenha marcado.

      Eliminar
  3. Houve um comentador desportivo afecto ao F. C. Porto que também afirmou isso e instado a mencionar um tirando o do último jogo não conseguiu lembrar-se de nenhum. Talvez o Carlos com uma memória mais requintado se lembre de algum.

    ResponderEliminar
  4. Sete foi dos que eu me lembrei assim de repente, sem ter de me esforçar muito. Admito que sejam mais. Ficam aqui alguns exemplos: Portimonense, Rio Ave, Belenenses, FC Porto, Sporting, Setúbal, Chaves

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Carlos disse após os noventa minutos. Repito. Só há um, que foi contra o Setúbal, os outros foram no tempo regulamentar. Se tem a certeza diga a quantos minutos foram marcados. Refiro-me a esta época. De certeza não dizer.

      Eliminar
    2. Se reler o post, Manuel, percebe que essa ( depois dos 90 m) era apenas uma das hipóteses.

      Eliminar
  5. Esclarecimentos a favor do conhecimento e da verdade.

    Em TODA A HISTÒRIA do Benfica, apenas por 3 (três) vezes o clube logrou vencer um jogo que estava empatado aos 90 minutos através da marcação de um penalty.

    Uma única vez, ou seja, apenas por uma dessas três ocasiões tal se verificou fora do Estádio da Luz, e foi o deste fim de semana no Bonfim - é incrível não é, como isto é possivel em mais de 80 campeonatos nacionais.

    Agora, deixo aqui este quadrinho para compararmos coisas comparáveis

    De 2013 a 2017
    Sporting 40 penaltys a favor --- 15 com o jogo empatado
    FCPorto 35 penaltys a favor ----18 com o jogo empatado
    Benfica 27 penaltys a favor ---- 7 com o jogo empatado

    Pergunta de algibeira - qual o clube europeu que está á mais tempo sem que lhe seja marcado um penalty contra -note-se, não é que não os tenha feito, é os árbitros não o terem marcado?
    Resposta - FCPorto, há mais de 370 dias e a contar.

    Bónus - Qual o clube que tem mais árbitros da AFPorto a arbitrar os jogos em que defronta os seus 2 rivais? - Benfica.
    Sabendo que esses arbitros são o ex-super dragão Jorge Sousa, o Artur Soares Dias, confesso adepto do FCPorto, e Manuel Oliveira, frequentador do Estádio do Dragão, quase nos leva aos saudosos (para o FCPorto) tempos do Pedro Proença.

    Isto é o choque com a realidade que a propaganda anti-benfiquista tanto tenta dissimular com invenção ou descontextualização de factos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro.
      Desviou-se um pouco do cerne da questão e por isso peço desculpa, mas não vou retorquir. apenas lhe digo que em relação a árbitros, podia contrapor com o Pedro Proença, ou o Bruno Paixão, mas não vou por aí. Até porque em matéria de futebol não há inocentes. E é isso mesmo que me irrita, é quererem impingir-me a todo o custo que o SLB é impoluto e ganha sempre justamente, enquanto o FCP ganha sempre porque compra árbitros. Não dou para esse peditório. Peço desculpa

      Eliminar
    2. Eu também não dou para esse peditório, daí ter-me desviado um pouco para mostrar que cada um pode usar a sua camisola ao escrever.
      A realidade é que os grandes são sempre mais beneficiados, e os árbitros não passam de seres humanos.

      Eu fui arbitro de basquetebol, e de certeza que por vezes quando havia duvidas, beneficiava aqueles por quem tinha mais empatia, seja porque o treinador era mais calmo, ou os jogadores mais civilizados, por exemplo.

      Quando não tinha duvidas tentei sempre ser justo e aplicar as leis do jogo, e num jogo como o futebol, onde a margem de interpretação é grande, o mesmo se passa.

      Pegando no seu exemplo, toda a gente sabe que o Bruno Paixão é benfiquista, e é notório que pelo menos tenta não nos prejudicar, e na duvida obviamente que beneficia. O normal no mundo da arbitragem, e assim será até que os robots comecem a arbitrar jogos.

      Eliminar
    3. Constato, com satisfação, o seu benfiquismo civilizado. É com benfiquistas como você que gosto de discutir mas, infelizmente, por aqui aparecem bastantes que são absolutamente cegos e fanáticos e com esses eu uso a mesma bitola. Obrigado por este seu contributo, com o qual estou totalmente de acordo.

      Eliminar
  6. Ah, e já agora, na minha opinião esse lance é um penalty claro, a bola está ao alcance do jogador do Real que se limitaria a empurrar a bola para a baliza, não o tendo conseguido por ter levado um toque nas costas e nas pernas - foi ligeiro, mas foi tocado por trás, sem que a bola estivesse jogável para o jogador da Juve.

    ResponderEliminar