quinta-feira, 5 de abril de 2018

Cobardes anónimos

O anonimato é uma das manifestações  de cobardia do ser humano. A sua pior faceta é a da acusação e da denúncia. 
Denunciar alguém de ter corrompido ou se ter deixado corromper, ou usar a justiça para acusar alguém  de ter cometido um qualquer crime- seja ele económico ou de sangue - sob a capa do anonimato é de uma baixeza inqualificável.
Infelizmente essa prática tornou-se comum em Portugal e o MP não só vai atrás das denúncias anónimas como, quando convém à sua estratégia, as amplifica na comunicação social, confirmando ter aberto investigações para apurar a veracidade da denúncia.
Os jornalistas, por sua vez, quando têm interesse em atacar o(s) visado(s) pelas denúncias anónimas dão gás ao assunto e fazem primeiras páginas especulando sobre desenvolvimentos e possíveis consequências para a vítima, escudados sempre na protecção das fontes. E assim é possível que, mesmo dentro da redação de um jornal, se  planeie uma denuncia anónima a que a publicação dará o pretendido destaque. 
Eu sei que isto é tenebroso, mas não é ficção científica.


11 comentários:

  1. Há muita gente a viver à conta do anonimato.
    Sugiro que se considere o termo 'anónimo' como sinónimo de 'cobarde'.

    ResponderEliminar
  2. partlho um post muito pertinente neste caso sobre cobardia intelectual

    http://jumento.blogspot.pt/2018/04/umas-no-cravo-e-outras-na-ferradura_15.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não se preocupe porque o Carlos visita este blogue todos os dias e este também refere "ao crónicas... nos blogues em referência. Tem piada que publiquei este postal no meu FB, como também publiquei o do Carlos "Remorsos do Homem Branco (parte II)" mas para mim As crónicas....tornaram-se mais intimistas, porque o Carlos está a passar por momentos muito difíceis. O Jumento também ter uma capacidade de análise incrível, além de muitos conhecimentos. Ou ele não fosse algarvio e gosta duma área que eu também gosto. São os dois únicos blogues que visito diariamente. Em tempos fui visita e comentadora dum blogue que também era um tipo de café, e cujo dono também era do Porto, mas felizmente era do Benfica. No entanto após muito assédio de milhares de pessoas, optou pelo FB., onde tem milhares de gostos diários. Optou pela fama que já tinha e onde não precisa de puxar pela cabeça. Também já tinha publicado um livro com vários postais e já não renderia muito mais. Tenho saudades e pena daquilo a que o autor o deixou chegar... de mim levou muita pancada porque ele faz questão de transportar uma arreata, que dá fama à tribo (como ele lhe chama) mas para mim faz-me lembrar uma data muito triste, que faz depois de amanhã cem anos. E há quem se orgulhe de tamanha tragédia, porque um senhor muito inteligente, mas muito vaidoso, tinha de agradar aos ingleses... E tem piada é da idade do Carlos e nasceu até no mesmo mês. As coisas que eu sei... Se calhar não entendeu nada do que eu disse, mas como eu tenho um pouco de detective, espero que também tenha o seu...

      Eliminar
    2. A efeméride de depois de amanha a que se referirá, tendo em conta os ingleses que menciona, terá sido a Batalha de La Lys.

      O google ajuda muito a pesquisar e descobri algumas figuras interessantes dessa guerra:-))

      Eu visito muitos blogs, mas tirando este e os do Glorioso não tenho muito hábito de comentar porque se perdeu um pouco o interesse que havia nos debates ou conversas entre bloguers.

      Eu sou da pré-história dos blogues, tive um que chegou a ser 25º classificado no Sapo.blogs mas desisti porque interferia na minha vida intima. Digamos que era um blog pouco convencional.

      O Benfica motiva-me e este blog calhou um dia nele comentar e gostei do feedback de uma pessoa que me pareceu correcta e por aqui vou andando.

      Eliminar
    3. Não sei se percebi bem, chakra. O link para o post do José Simões significa exactamente o quê?

      Eliminar
    4. 8 de Abril (depois de amanhã) nãome diz nada em particular, mas se for dia 9 já começo a desenrolar o novelo, Anphy.
      Muito obrigado pelas referências que me faz,mas não me parece que esteja mais intimista. Estou talvez mais desbragado e a utilizar por vezes uma linguagem que não fazia parte do meu estilo. Por outro lado- e isso sim, entristece-me- constato que há muito poucas pessoas com paciência para ler posts longos, como os que em tempos escrevia.

      Eliminar
    5. Obrigado pelas suas palavras, Chakra. Procuro ser sempre correcto, embora admita que em matéria de bola perco por vezes a compostura :-)

      Eliminar
    6. Segundo julgo entender o ChaKra só quis reforçar a ideia do seu postal sobre os cobardes anónimos. Foi por isso que também o publiquei. Sobre o 8de Abril falarei amanhã em de alguém que contribuiu para que eu estivesse viva e que me complicou um pouco a vida que viria a surgir muito depois, mas esteve sempre presente e aquilo que os meios de comunicação e os historiadores me deram a conhecer, além de histórias que já sabia através de cartas que me leram e que hoje há frases e um verso que ainda recordo. A nossa história sempre foi muito suja, apesar de termos sido navegadores e não conquistadores como os outros.

      Eliminar
    7. Carlos tem toda a razão. Como normalmente comento depois da meia-noite e depois ainda fui na conversa do ChaKra. Normalmente também já não sei a quantas ando, nem em que dia da semana estou. Normalmente antes interessava-me por causa de alguns comentários, agora já nem isso, devido à podridão dos media. também já posso, é certo,estar um bocado esclerosada embora pense que o alemão ainda não me atacou. Bom fim-de-semana.

      Eliminar
  3. e um link sobre a cobardia intelectual, quase arrivismo da Assunção Cristas, que me parece ser pertinente

    ResponderEliminar